31 julho 2008

Julho é o mês mais seco da história em São Paulo

No intervalo de 365 dias, a capital paulista registrou dois recordes extremos. Enquanto em 2007 o mês de julho foi o mais chuvoso das últimas três décadas, com índice pluviométrico acumulado em 130,4 milímetros, neste ano o mesmo mês, que termina hoje, teve o registro mais seco de todos os tempos. A ausência até de garoa culminou no registro "zero" de chuva, estiagem inédita em São Paulo desde 1943, quando as medições começaram.

Sem chuva para dispersar os gases tóxicos, a qualidade do ar paulistano foi afetada. Os dados da Companhia Estadual de Tecnologia e Saneamento Ambiental (Cetesb) mostram que 20 dos 31 dias do mês foram desfavoráveis à dispersão dos poluentes. O número atual supera em 57,8% as 11 notificações de julho do ano passado, quando o clima estava menos árido. E a situação só deve melhorar no sábado, dia em que uma frente fria chega à cidade, conforme previsões do Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE).

São duas as explicações para que prevaleça um clima desértico. "A primeira é o fenômeno ambiental", observa o técnico do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) Marcelo Schneider. "É comum as chuvas serem esporádicas, mas neste ano as frentes frias estão fracas e não conseguiram vencer o bloqueio da densa massa de ar seco." Além do fator climático, também existe a contribuição arquitetônica, segundo a geógrafa Helena Ribeiro, do Departamento Ambiental da Faculdade de Saúde Pública. "O homem provocou a aridez urbana ao construir tantos prédios, pavimentar a vegetação e destruir os lagos, características que influenciam na questão do tempo seco."

Ontem, mais uma vez a baixa umidade relativa do ar castigou a capital paulista. Entre 14 e 16 horas, o índice ficou em 25%, marca inferior ao mínimo de 30% estipulado pela Organização Mundial de Saúde para não provocar danos. O tempo seco ainda abre espaço para crises respiratórias e alérgicas e problemas de pele. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

FBI utilizará sistema de biometria a partir de 2010

Embora já conte com um vasto banco de dados de mais de 55 milhões de impressões digitais, a agência de inteligência norte-americana firmou um contrato com a empresa de segurança Lockheed para ir além do armazenamento dessas amostras.

Segundo informações do tablóide Washington Post, o novo sistema coletará dados de biometria, tais como padrões da íris e da palma da mão, tatuagens e cicatrizes e até mesmo conterá fotos em alta resolução de criminosos, sob ângulos variados.

Contudo, a Lockheed não será responsável por produzir ou desenvolver os equipamentos utilizados pelo sistema. O objetivo é pesquisar e avaliar recursos já existentes no mercado, apurar a maturidade da tecnologia e reuní-los para compor a ferramenta. "Nós [da Lockheed] não desenvolvemos dispositivos de captura ou algoritmos de comparação. O NGI apenas vai construir uma base de dados e padrões — a forma com que os dados são inseridos no sistema", disse Barbara Humpton, responsável pelo projeto, ao site da revista Popular Mechanics. NGI é a sigla para o nome em inglês do sistema: Next Generation Identification (ou Identificação de Próxima Geração).

Contudo, algumas autoridades têm se incomodado com uma iminente invasão de privacidade dos cidadãos comuns, que poderiam ter seus dados adicionados ao banco indiscriminadamente.O FBI afirma que apenas dados de criminosos, detentos, imigrantes e suspeitos são mantidos no sistema. Os únicos cidadãos comuns a terem suas impressões digitais armazenadas são funcionários públicos que tiveram seus antecedentes checados.

"Queremos poder criar uma base de dados confiável, e compartilhá-la com outras nações", diz o FBI.

Vale relembrar que antes da informatização do armazenamento e comparação de impressões digitais, há uma década, era necessário enviar por correio um cartão com as impressões à agência, que então as compararia com as de milhões de outros cartões. Hoje, é possível pesquisar até 150 milhões de amostras diariamente e obter um resultado em pouco menos de 15 minutos.

Fonte Geek

Nota: Brevemente neste banco de dados será incluído um grupo de pessoas descritas assim: Religiosos Radicais que advogam possuir a Verdade e recusam obedecer as novas leis que impõe um dia de descanso mundial para proteger o planeta e a família.

Pesquisadores desenvolvem software que identifica usuário pela forma como ele digita seus dados

Há características que são únicas em cada ser humano: digitais, íris, retina e voz, por exemplo. É baseada nessas características exclusivas que tem se desenvolvido a biometria – um ramo da ciência que estuda as qualidades comportamentais e físicas dos indivíduos.

De olho nessa área do conhecimento, um pesquisador do curso de Análise de Sistemas, do Centro de Ensino Superior de Maceió (Cesmac) está desenvolvendo uma ferramenta que pode ser aplicada nos sistemas de segurança da Internet e de terminais de atendimento eletrônico. Trata-se de um software que identifica o usuário pela forma como ele digita seus dados no teclado.

A pesquisa, intitulada “Desenvolvimento de ferramenta de autenticação biométrica baseada na dinâmica da digitação com ênfase em teclados numéricos”, é de autoria de Leonardo José Tenório Mourão Torres, sob a orientação do professor Ricardo Rubens Gomes Nunes Filho. Este estudo foi selecionado para participar da 60ª reunião anual da Sociedade Brasileira pelo Progresso da Ciência (SBPC) realizada na semana passada na Universidade Estadual de Campinas (Unicamp - SP).

“Cada um de nós tem um padrão de comportamento no ato da digitação. Temos um ritmo próprio e padrões de erros, por exemplo. O que estamos propondo é a implantação de uma ferramenta complementar de segurança capaz de identificar não apenas se uma senha digitada na web ou em um terminal eletrônico está correta, mas se foi o proprietário dela que realmente a digitou”, explica Torres, mencionando que o reforço dado pelo software evita que outras pessoas possam realizar operações financeiras ou de compras utilizando as informações dos clientes de bancos ou sites de vendas. “A grande finalidade da ferramenta é evitar fraudes, reforçando os sistemas de segurança”, resume.

A biometria aplicada à tecnologia já permitiu a criação de ferramentas que identificam os usuários por suas digitais, voz e pela leitura da íris ou da retina, destaca Leonardo Torres. Contudo, esse programa que estamos desenvolvendo aqui tende a chegar com um custo inferior ao mercado, tendo em vista que ele requer uma quantidade menor de equipamentos e dispositivos eletrônicos”, argumenta.

Segundo o professor Ricardo Rubens, o estudo da tecnologia baseada na dinâmica da digitação surgiu em meados da década de 70, nos Estados Unidos. “De lá para cá, apenas uma empresa conseguiu lançar um produto no mercado. O que estamos desenvolvendo aqui é uma ferramenta ainda inédita no Brasil”, conta. Atualmente, o software do pesquisador do Cesmac está na fase de ajuste de programação e deve ser concluído em dois meses. A ferramenta será testada em setembro no laboratório de informática do Cesmac.

“Primeiro fizemos um estudo do estado-da-arte em dinâmica da digitação para descobrir os principais aspectos que envolvem um sistema dessa natureza. Em seguida, propomos um modelo, fazendo alguns ajustes no que existia e dando sugestões para incrementar ainda mais a segurança”, explica Leonardo Torres, mencionando que o programa funciona em três etapas: cadastro, extração de características e validação do usuário.

Na fase de cadastro, o usuário verifica se possui uma conta, em caso negativo ele preenche um cadastro com suas informações pessoais. Também é definido no cadastro um número de amostras e de seções que servem para limitar a construção de conjunto de informações que se cruzam para fazer a identificação do usuário. Na etapa de extração de características, o usuário identifica sua conta e confirmar suas informações. Nesse momento entra em ação o chamado “inspetor de qualidade”, uma rotina que verifica a qualidade da mostra observando se há erros na digitação dos dados cadastrais. Caso o processo seja validado, entra em ação o extrator de característica que irá capturar o tempo da digitação entre uma tecla e outra e o tempo de pressionamento de cada tecla. “Concluídas as etapas de extração o sistema identifica se as informações cruzadas confirmam o padrão de comportamento de digitação do usuário”, diz Leonardo Torres.

Fonte Alagoas em Tempo Real

Nota: Pense como será fácil identificar um(a) adventista: Ele não compra certos tipos de alimentos, Não frequenta determinados lugares, Não faz movimentação financeira no sábado, Ele acessa determinados sites, etc. Você percebe que tudo está caminhando para os fiéis serem proibidos de comprar e vender?

O refrigerante, a saúde e os adventistas

Atualmente têm-se observado no Brasil e no mundo um alto consumo de refrigerantes, principalmente entre crianças e adolescentes. Isso é um motivo de grande preocupação uma vez que a predileção por esse tipo de bebida pode ter sérias conseqüências sobre a saúde do indivíduo tais como a obesidade, a cárie dentária e deficiência de certos minerais como cálcio e ferro.

Calorias vazias

Os refrigerantes são classificados como bebidas não-alcoólicas gasosas. Eles consistem, em grande parte de água com gás misturada com açúcar ou adoçante artificial, além de vários aromatizantes naturais ou artificiais e corantes. Muitos contém cafeína. A maioria deles traz pouco ou nenhum valor nutritivo.

A ingestão habitual dessas bebidas leva a um alto consumo de calorias inúteis, justamente por não acrescentar nenhum nutriente ao organismo. São as chamadas "calorias vazias". Em média, 1 litro de refrigerante fornece cerca de 400 calorias. Portanto, quando você consome uma latinha que contém cerca de 350mL da bebida, a quantidade de calorias vazias ingeridas será de 140cal.
O que mais preocupa os especialistas, é que o consumo de refrigerantes têm feito com que bebidas saudáveis como leite, sucos naturais, iogurtes, que trazem inúmeros nutrientes essenciais ao nosso organismo, deixem de estar presente na alimentação do dia-a-dia das pessoas. Observa-se freqüentemente a substituição dessas bebidas nutritivas pelos refrigerantes em refeições como o almoço, jantar, lanche da escola, festinhas de aniversário, etc.....
Os especialistas observam também que o gás acrescentado a essas bebidas produz certa distensão gástrica, inibindo o apetite e reduzindo o consumo de alimentos verdadeiramente bons à saúde.

Um estudo recente publicado pela Revista "Arquivos de Medicina Pediátrica e Adolescente" com crianças de 2 a 17 anos de idade mostrou que aquelas que fazem dos refrigerantes sua principal bebida, apresentam deficiência de vitamina A, cálcio e magnésio, nutrientes muito importantes para o nosso organismo.

Os refrigerantes causam dependência?

Muitos refrigerantes podem conter cafeína, principalmente aqueles do tipo cola. A cafeína é uma substância estimulante do sistema nervoso central, que quando ingerida em excesso pode causar certa dependência. Os fabricantes alegam que esta substância é adicionada aos seus produtos puramente por causa do sabor, mas existem certos pesquisadores que acreditam que essa não seria a verdadeira intenção.

A grande preocupação é saber, de fato, quanto dessa substância está sendo utilizada no refrigerante. Uma criança de 27Kg que ingere uma lata de refrigerante de 350mL contendo 50mg de cafeína, estará ingerindo o mesmo que um homem de 80Kg ao consumir quatro copos de café. Geralmente, uma criança muito agitada ou com problemas para dormir poderá estar sob o efeito do consumo exagerado de refrigerantes. Nos adultos, o excesso de cafeína pode aumentar a pressão arterial e tornar irregulares os batimentos cardíacos.

As implicações para a saúde do consumo exagerado de refrigerantes
O consumo excessivo de refrigerantes pode ocasionar excesso de peso e cárie dental, já que o açúcar estimula o crescimento das bactérias causadoras da cárie. Entretanto, a maior preocupação fica por conta das grandes quantidades de fósforo contida nessas bebidas. O excesso de fósforo atrapalha a absorção de cálcio e pode prejudicar o desenvolvimento de ossos e dentes das crianças.

No meu livro Previna Doenças. Faça do Alimento o seu Medicamento faço um alerta sobre os problemas relacionados à osteoporose. Eu comento que o excesso de fosfatos presentes em bebidas gasosas pode alterar o balanço cálcio/fósforo, invertendo-o, com predomínio do fósforo, o que impede a absorção do cálcio. Conclusão: pessoas que querem prevenir a osteoporose não devem abusar dessas bebidas.

Em um estudo publicado pela Universidade de Harvard, Estados Unidos, com 469 estudantes, os pesquisadores observaram que o consumo excessivo de refrigerantes aumentava as possibilidades de sofrer fraturas entre meninas ativas (intensa atividade física) e isso era agravado principalmente quando os refrigerantes eram do tipo cola. Os pesquisadores levantaram dois fatores que poderiam estar envolvidos nesse problema: o fosfato presente nas bebidas que afeta o metabolismo do cálcio e a massa óssea e também a substituição do leite pelo consumo de refrigerantes, o que privava o organismo das garotas da quantidade necessária de cálcio.

Refrigerante diet engorda?

Refrigerante DIET na BALANÇA
Pesquisa mostra que ele pode contribuir para o ganho de peso, assim como os adoçantes
O tiro pode sair pela culatra. Talvez essa frase, que soa como um clichê, defina o que os consumidores de refrigerantes dietéticos tenham pensado ao deparar com as notícias nada abonadoras sobre a bebida, uma alternativa para quem não pode consumir açúcar ou precisa derrubar o ponteiro da balança. A bomba foi detonada por um estudo publicado no periódico científico americano Circulation.

Os pesquisadores acompanharam os hábitos alimentares de 16 mil indivíduos de meia-idade por mais de nove anos. Seu objetivo era investigar a relação entre a dieta dessa gente toda e a ocorrência de síndrome metabólica, uma conjunção de problemas como resistência à insulina, colesterol ruim elevado, pressão arterial nas alturas e gordura abdominal, a popular barriga de chope.

No cômputo geral dos resultados, um achado surpreendente: os voluntários que bebiam uma lata de refrigerante diet por dia apresentaram um risco 34% maior de desenvolver a síndrome. Para ter idéia de como essa porcentagem pesa, o risco de quem costumava comer frituras foi, por incrível que pareça, só 25% maior.

Daí, é inevitável questionar: será que o refri dietético engorda? O que justificaria esse resultado? Existem pelo menos duas suposições, diz a SAÚDE! Lyn M. Steffen, uma das coautoras do estudo. O adoçante artificial usado seria o responsável, ou ainda algum outro comportamento associado ao consumo do refrigerante que não mensuramos, completa Lyn, que é nutricionista da Universidade de Minnesota, nos Estados Unidos.

Na verdade, existem outras hipóteses, como você verá adiante. Mas a especulação sobre o adoçante, relatada por Lyn, ganhou fôlego depois da divulgação de outra pesquisa, assinada pela Universidade Purdue, também nos Estados Unidos. Os cientistas compararam dois grupos de roedores: a um deles foi oferecido iogurte adocicado com açúcar normal e, ao outro, o laticínio com um edulcorante artificial, a sacarina. Para resumir a ópera, os bichos que ficaram à base da segunda opção tiveram maior ganho de peso e, claro, aumento da gordura corporal sem falar que passaram a comer muito mais. E, sim, alguns refris diet têm sacarina.
Nota: Como defensores de um regime alimentar saudável, nós, adventistas, devemos nos manter longe desta bebida que foi criada pelo homem para substituir as fontes ricas em vitaminas criadas por Deus: as frutas, os legumes, as verduras e etc. Quando escolhemos o refrigerante estamos escolhendo a invenção do homem em lugar à do Criador. Então opte pelo suco de fruta natural. Lembre-se que você é um(a) filho(a) de Deus e dá valor à saúde e cuida do seu corpo como templo do Espírito Santo. Não vamos deixar com que o mundo nos pregue a Verdade, pois nós advogamos possuí-la. Nos dias atuais nunca se falou tanto de vida saudável pelo meios de comunicação seculares e nós como portadores de uma mensagem de saúde que está intimamente ligada à mensagem dos três anjos, como disse Ellen White, devemos ser testemunhas vivas. Como você pregaria a uma pessoa incrécula que faz um regime alimentar saudável, se você ainda não o fez em sua vida e se diz pregador da mensagem adventista? Pense nisso.
Leiam estas citações:
"Reforma, reforma contínua, deve ser mantida perante o povo, e por nosso exemplo devemos dar força aos nossos ensinos. A verdadeira religião e as leis da saúde andam de mãos dadas. É impossível trabalhar para a salvação de homens e mulheres sem apresentar-lhes a necessidade de libertar-se de condescendências pecaminosas, que destroem a saúde, depreciam a alma e impedem que a verdade divina impressione a mente. Homens e mulheres devem ser ensinados a examinar cuidadosamente cada hábito e prática, e de uma vez por todas afastar tudo que, produzindo uma condição insalubre do corpo, lança sobre a mente uma escura sombra". Review and Herald, 12 de novembro de 1901.

"A luz que Deus tem dado sobre a reforma de saúde é para a nossa salvação e a salvação do mundo. Homens e mulheres devem ser informados a respeito do corpo humano preparado por nosso Criador como Seu lugar de habitação, a respeito do qual deseja Ele que sejamos fiéis mordomos. 'Porque nós somos santuário do Deus vivente, como Ele próprio disse: Habitarei e andarei entre eles; serei o seu Deus, e eles serão o Meu povo.'" II Cor. 6:16. Review and Herald, 12 de novembro de 1901.

"Sou informada por meu guia: 'Todos os que crêem na verdade e a proclamam devem não somente praticar a reforma de saúde, mas ensiná-la diligentemente a outros.' Isto será um forte instrumento em chamar a atenção dos incrédulos a consideração de que se somos esclarecidos com referência ao regime e práticas saudáveis, sê-lo-emos também no que respeita a assuntos de doutrinas bíblicas". Manuscrito 1, 1875.

"Que jovens, rapazes e moças, tomem nossos livros sobre viver saudável e saiam entre o povo, fazendo o máximo para promover a obra de reforma de saúde. Há muitos no mundo que estão ansiosos por conhecer mais com respeito a esses princípios". Carta 154a, 1900.

"Foi-me mostrado que a reforma de saúde é uma parte da mensagem do terceiro anjo e está tão intimamente ligada a ela como o braço e a mão ao corpo humano". Testimonies, vol. 1, pág. 486.

Há preciosas bênçãos e ricas experiências a serem alcançadas se os pastores unirem a apresentação da questão da saúde com todos os seus trabalhos nas igrejas. O povo precisa receber a luz sobre a reforma de saúde. Essa obra tem sido negligenciada, e muitos estão prestes a perecer, por necessitarem da luz que devem e precisam ter para que abandonem as condescendências egoístas". Obreiros Evangélicos, Pág. 231.

Degelo no Ártico deve bater novo recorde em 2008, acreditam cientistas

Pesquisadores fazem apostas sobre quanto tempo a camada congelada vai durar.Especialistas acreditam que todo o mar do Pólo Norte pode virar água em poucos anos.

O derretimento da camada de gelo que recobre o oceano Ártico pode bater um novo recorde no verão de 2008, acreditam os cientistas que estudam o fenômeno. O último recorde ocorreu no ano passado. Os dados finais sobre o degelo devem sair entre agosto e setembro.

Um vídeo produzido pela Universidade de Illinois em Urbana-Champaign, nos Estados Unidos, com imagens de satélites da Nasa -- é possível ver o tamanho do estrago que ocorreu em 2007. A massa de gelo oceânico se concentra bem no centro do globo (o resto são os continentes, partes da América e da Europa). A área em branco mais brilhante é a camada de gelo mais espessa, que estava por ali há anos. A parte mais acinzentada é o gelo mais recente, formado há menos de um ano. Assista ao vídeo clicando aqui

O vídeo é uma coleção de imagens que mostram a evolução dessa camada ao longo do ano de 2007, começando no inverno (que no hemisfério Norte vai de dezembro a março), passando pelo verão e voltando ao inverno. É nítida a perda de gelo mais grosso. Quando 2008 começa, a região está mais dominada pelo congelamento recente: mais fino, mais sensível ao aquecimento do planeta, que deve derreter mais fácil durante este verão.

“Os cientistas que estudam esse fenômeno estão fazendo apostas sobre quanto tempo o gelo sobre o mar vai durar”, afirmou ao G1 a pesquisadora Syndonia Bret-Harte, da Universidade do Alasca em Fairbanks, que também estuda os efeitos do aquecimento global. “Se antes acreditávamos que o gelo derreteria totalmente em 50 ou 60 anos, agora não sabemos se eles estará lá daqui a três”, afirmou. “O mundo que nossos filhos e netos terão daqui vinte anos será muito diferente”, disse a cientista. “O gelo no Ártico está sumindo e a uma velocidade muito maior do que previam até os nossos modelos mais pessimistas”, disse ela.

Sem catástrofe -- ainda

O derretimento do gelo do Ártico dificilmente causará uma catastrófica elevação dos mares do mundo, porque o gelo do mar é flutuante. Ou seja, quando ele derreter, não haverá um volume maior de água disponível. No entanto, a expansão de água líquida pode colocar em risco vilas costeiras no hemisfério Norte.

E, como o aquecimento global não está afetando apenas o Ártico, mas todo o planeta, o derretimento de geleiras em outras regiões, como a Antártida e o topo de montanhas, ameaça sim o nível do mar. “Em breve talvez seja necessário vender a casa na praia”, afirmou a cientista.

Os efeitos desse aquecimento não estão visíveis só sobre a água. Todos os anos, o gelo recobre o solo no norte do planeta. Durante o inverno, a camada é grossa o suficiente para permitir que carros e caminhões andem por cima do que está congelado. Durante o outono e a primavera, no entanto, ele fica mais mole e dirigir se torna perigoso. Ano a ano, os moradores da região já perceberam que o intervalo de tempo em que é possível dirigir sobre o gelo está ficando cada vez menor.

Os efeitos disso tudo preocupam os cientistas porque o Ártico detém, em seu solo congelado, um terço de todos os estoques de carbono do mundo –- embora corresponda a apenas um sexto da área da Terra. Isso porque a decomposição de matéria orgânica ali demora, e muito, por causa do frio. Temperaturas mais quentes estimulam a decomposição – com isso, estimulam a liberação de carbono em um planeta que já está com carbono em excesso na atmosfera.

Estudos como os divulgados em 2007 pelo Painel Intergovernamental para Mudanças Climáticas da ONU (o IPCC) levam em conta apenas a liberação de carbono por atividade humana –- e já projetam alterações sérias no clima. Com o acréscimo dessa liberação “natural” do solo ártico, as coisas podem ficar ainda piores. Os cientistas não sabem se o excesso de liberação de carbono vai aumentar o aquecimento global ou gerar uma reação em cadeia que tenha um resultado de resfriamento do planeta. O que se sabe, por enquanto, é que um Ártico mais quente pode alterar as correntes marítimas -- deixando os trópicos mais aquecidos e a Europa mais gelada.

A jornalista Marília Juste viajou a convite do Laboratório de Biologia Marinha de Woods Hole, EUA.

O loteamento da liberdade

por Denis Lerrer Rosenfield em 29 de julho de 2008

Resumo: O que estamos vivenciando é uma maior interferência do governo nas áreas individuais e empresariais, em nome do politicamente correto, como se assim estivesse agindo em nome da coisa pública. © 2008 MidiaSemMascara.org

Um bom critério para medir o grau de liberdade de uma sociedade consiste em determinar o espaço deixado em aberto para a livre ação individual. Se o Estado tem uma tendência a legislar sobre tudo, ele necessariamente reduz o espaço de atuação do indivíduo, cada vez mais preso numa rede de obrigações, que reduz a sua iniciativa própria. Se, pelo contrário, a sociedade possui maior autonomia, os indivíduos passam a decidir mais por si mesmos, não ficando reféns nem servos de orientações estatais.

Convém aqui ressaltar que uma outra face disto reside na carga tributária de uma sociedade. Quanto maior for, maior será o Poder de Estado e maior também a sua tendência a interferir nos assuntos individuais. Quanto menor a carga tributária, menores as obrigações estatais e maior a responsabilidade individual.

O Brasil tem apresentado nos últimos anos duas tendências que se determinam reciprocamente. De um lado, temos observado o aumento de normas jurídicas que aumentam progressivamente o seu campo de abrangência. O Estado, seja por de leis no âmbito legislativo, seja por decretos e portarias no âmbito do Executivo, seja ainda por interpretações dos tribunais superiores, passa, cada vez mais, a decidir aquilo que é melhor para os cidadãos. É como se esses fossem menores de idade, incapazes de decidirem por si mesmos. De outro lado, o Estado aumenta progressivamente a carga tributária, supostamente se atribuindo responsabilidades, que poderiam igualmente ser assumidas pela sociedade e pelos indivíduos. Cada vez mais, os cidadãos e as empresas trabalham para o Estado e não para si mesmas, como se esse também soubesse aquilo que é melhor para eles.

Cria-se um problema de desresponsabilização progressiva dos cidadãos, que dedicam uma boa parte do seu tempo para o pagamento de impostos e contribuições, além de terem de enfrentar imposições legais, que dizem respeito a coisas que deveriam ser de seu foro íntimo, atinentes à sua liberdade de escolha.

Quando se diminui a liberdade de escolha, o Estado considera o cidadão como incapaz de decidir racionalmente, incapaz de, frente a várias possibilidades, escolher aquela que mais lhe convém. Na verdade, o cidadão defronta-se com sua capacidade de optar por aquilo que considera um "bem", sendo, consequentemente, responsável por sua ação.

O bem não é algo que lhe seja imposto de fora, mas algo que provém de sua própria capacidade deliberativa. Se essa é circunscrita, ele passa a ser servo de decisões alheias. Um caso particularmente eloqüente é o da proibição de fumar em bares e restaurantes, mesmo que esses tenham lugares reservados para fumantes e não-fumantes. Não se trata de ser a favor ou não do hábito de fumar, mas do exercício da livre escolha.

Não cabe ao Estado estabelecer uma série de restrições que faz com que o fumante venha a ser considerado uma espécie de pária. Poderia ser aduzido o fato de que o ato de fumar faria mal à saúde. Ora, cabe, de nova conta, ao indivíduo decidir aquilo que considera ou não nocivo à sua saúde, não devendo ser o papel de o Estado impor aquilo que considera como o seu bem. Aqui, precisamente, reside o perigo: o Estado determinando o que é o bem para cada um, substituindo-se ao ato de livre escolha e o inviabilizando.

A tutela estatal começa com esse tipo de política que, aparentemente, se apresenta como a do bem comum, captando a simpatia da opinião pública. Essa mesma atitude se revela no que veio a ser chamada a lei seca , que proíbe a ingestão de bebida alcoólica para a condução de automóveis. A medida é tão draconiana que independe de qualquer grau de ingestão de álcool, salvo o de nível zero.

Observe-se que a ingestão moderada não causa nenhuma embriaguez, não impedindo o indivíduo de controlar o seu veículo. Ademais, ela fere um preceito constitucional, o de obrigar o indivíduo a apresentar provas contra si mesmo, submetendo-se ao bafômetro, independentemente de qualquer acidente. Em caso de acidente, seria normal, com ou sem esta lei, que o indivíduo seja responsabilizado pelo seu ato. Ora, que faz o governo? Coloca-se na posição de cada indivíduo, determinando arbitrariamente aquilo que é o bem, válido para todos.
As recentes medidas de restrição da publicidade de determinados produtos em certos horários vão na mesma direção. De nova conta, é o governo decidindo em nome das empresas de mídia e de publicidade, arvorando-se em representante do bem e procurando impor a sua própria posição. Órgãos de controle da sociedade por ela mesma são descartados em nome de um bem supostamente maior, o que é exercido por uma regulamentação simplesmente imposta. Não se pode desvincular essa nova proposta de regulamentação governamental das anteriores, pois eles possuem o mesmo propósito de diminuir o espaço individual e empresarial da livre escolha. Desconsidera até o ato mais elementar de que uma pessoa, diante de um aparelho de televisão, pode simplesmente desligá-lo ou mudar de canal se uma determinada propaganda ou programa fere a sua sensibilidade ou a sua noção do bem. O que está em questão é algo muito maior, relativo ao exercício da livre atividade racional.

O que estamos vivenciando é uma maior interferência do governo nas áreas individuais e empresariais, em nome do politicamente correto, como se assim estivesse agindo em nome da coisa pública. Aproveita-se ele de certa franja da opinião pública sensível a esse tipo de comportamento e capaz, portanto, de apoiar tal tipo de proposta. O Estado se fortalece e aproveita esse seu fortalecimento não apenas para reduzir os espaços de atuação autônoma da sociedade, mas, também, para aumentar a carga tributária e estabelecer as suas formas próprias de controle. Assim, passou a fazer parte da pauta tributária propostas de aumento dos impostos de fumo e bebidas alcoólicas e de recriação da CPMF. Tudo isto é feito tendo o mesmo mote, a saber, a saúde de cada um , como se coubesse ao governo determinar o que é o bem individual e as suas formas de implementação.

Fonte Mídia Sem Máscara

Nota: Temos perfeita compreensão quanto ao fumo e à bebida alcoólica e muitos outros assuntos que não cabe aqui discutirmos, mas precisamos analisar que, olhando por este lado, as leis que nos tirarão a liberdade virão da mesma forma, sendo um bem comum para toda população, algo “politicamente correto”, para o bem de todos. Aqueles que se colocarem contra serão presos, condenados e julgados por tribunais, até já foi criada a Corte Criminal Internacional – CCI, que é um órgão da ONU para este fim. A nossa liberdade individual e coletiva está sofrendo os maiores ataques desde a idade média, em nome do bem comum, por enquanto estes ataques ainda não feriram a Lei de Deus, até podemos afirma que estão de acordo com ela, mas a grande preocupação é quando estes ataques forem contra aquilo que é Santo e for colocado em seu lugar algo profano, o que faremos nós? Aqueles que estiverem preparados saberão como proceder frente às adversidades que virão. Mas quanto àqueles que teimam em não considerar o tempo em que estamos vivendo para buscarem óleo e encherem suas lâmpadas, estes serão apanhados de surpresa e não haverá tempo de graça adicional para eles. Por isso precisamos dá à trombeta sonido certo para alertar o povo de Deus. Preparemo-nos agora, este é o aviso!

30 julho 2008

Grupo anglicano quer se unir com católicos

A Comunhão Anglicana Tradicional, que tem pouco menos de meio milhão de membros, e que estão presentes na África, Austrália, no Estreito de Torres, Canadá, América Latina, Inglaterra, Irlanda, Índia, Paquistão, Japão e nos Estados Unidos, enviou pedido por carta para formar unidade corporativa com a Santa Sé. Significa união doutrinária com a Igreja Católica, mas mantendo autonomia decisória. Esse assunto está sendo estudado pelas autoridades da Igreja Católica. A carta foi envidada dia 05 de julho. Em grande parte a iniciativa foi provocada pela decisão da igreja anglicana de aceitar bispos homossexuais, a agora, da ordenação de mulheres para o sacerdócio. O pedido foi bem recebido pelo Vaticano e já houve resposta diplomática assegurando que o assunto será tratado com deferência.
Uma igreja dividida se enfraquece, e nessa condição, vai na direção que jamais deveria ir. Sinais e mais sinais da união das igrejas para a brande batalha final do Armagedon.

Fonte: ZENIT [zenitportugues@zenit.org], em 2008-07-28

Fonte Cristo Voltará

Nota: Preparemos nossas vidas agora, antes que seja tarde demais.

UNIVERSIDADE NORTE-AMERICANA REALIZA ENCONTRO SOBRE DIÁLOGO INTER-RELIGIOSO

New Haven, 29 jul (RV) - Realiza-se na Universidade de Yale, nos Estados Unidos, uma conferência sobre o diálogo inter-religioso com o tema "Amar a Deus e ao próximo com palavras e nos fatos".

Participam do encontro vários líderes cristãos, muçulmanos e judeus a fim de corrigir as percepções às vezes distorcidas entre ocidente e oriente.

O porta-voz do grupo, Ibrahim Kalin, disse que o ponto de partida do diálogo são as várias linguagens teológicas ali presentes, mas o objetivo é o mesmo, ou seja, a adoração de um só Deus "no qual nos dirigimos em várias línguas", ressaltou ele.

"Com tal iniciativa rompemos o gelo da falta de confiança entre ocidente e Islã", disse o Grão Mufti da Bósnia, Mustafa Ceric, entre os organizadores da conferência que se concluirá na próxima quinta-feira.

Para outubro próximo estão previstas outras iniciativas, como um encontro na Universidade de Cambridge, na Inglaterra, uma visita ao Vaticano, em novembro, e uma conferência no Instituto Islâmico Royal al Bayt, em Amã, na Jordânia em outubro de 2009. (MJ)

Fonte Rádio Vaticano

Nota: Este tipo de diálogo entre as religiões tem se tornado muito frequente, realmente a Religião está em foco. Sugiro a leitura de um livro que li a alguns anos e que algumas de suas predições já aconteceram e outras estão se tornando realidade. O Livro O Dia do Dragão de Clifford Goldstein.

Mais de 50 réplicas atingem a Califórnia após tremor de 5,4 graus

O tremor de 5,4 graus que abalou o sul da Califórnia nesta terça-feira foi seguido de mais de 50 tremores secundários --o maior deles com 3,6 graus na escala Richter. Segundo geólogos citados pela agência Reuters, há poucas chances de uma das réplicas se tornar um tremor de grande intensidade. Leia mais em Folha Online.

Nota: Oremos solicitando a Deus misericórdia para esta nação, pois temo que depois da China, os EUA seja a próxima vítima destes desastres e todos nós sabemos o porque. Um desastre de grande proporção pode desencadear uma série de eventos proféticos já esperados a muito tempo.

29 julho 2008

Terremoto de 5,4 graus atinge a região de Los Angeles

Tremor teria ocorrido a cerca de 50 quilômetros da cidade de 4 milhões de pessoas.Ainda não há registro de danos, mortos ou feridos, segundo os bombeiros.

Um terremoto de cerca de 20 segundos ocorreu às 11h42 locais (15h42) de Brasília próximo a Los Angeles, no sul do estado norte-americano da Califórnia, chacoalhando vários edifícios altos na cidade. Ainda não há relatos sobre danos graves, blecautes ou feridos.

Veja imagens da região atingida pelo terremoto

O Centro de Pesquisas Geológicas dos EUA informou inicialmente que o tremor era de 5,6 graus, mas depois retificou para 5,8 graus e, finalmente, para 5,4 graus. O tremor principal foi seguido por cerca de 12 tremores secundários.

Segundo o centro, o epicentro do tremor principal foi registrado na cidade de Chino Hills, no condado de San Bernardino a 12,3 quilômetros de profundidade, a cerca de 50 quilômetros a leste da cidade, que tem cerca de 4 milhões de habitantes.

Mapa localiza o epicentro do terremoto desta terça-feira na Califórnia. (Foto: Arte G1)
O Corpo de Bombeiros de Los Angeles informou que o evento foi de "grandes proporções", mas não há notícias de mortos, feridos ou grandes danos à infra-estrutura. A polícia de Chino Hills também não registrou incidentes.

Testemunhas informaram que o tremor foi sentido no condado de Orange, na cidade de San Diego, nas proximidades de Hollywood, em Long Beach e até em Las Vegas, no vizinho estado de Nevada.

Autoridades do Aeroporto de Los Angeles informaram que nenhum vôo foi afetado por causa do tremor. Um porta-voz do porto da cidade informou que não houve danos.

A operadora de dutos de transporte de óleo e gás Kinder Morgan anunciou que fechou seu oleoduto na região por "precaução".

"Na Califórnia, felizmente, graças aos nossos bons padrões construtivos, não esperaríamos danos estruturais com um [terremoto de magnitude] 5,4", disse Kate Hutton, sismologista do Instituto de Tecnologia da Califórnia.

Em Anaheim, a cerca de 65 quilômetros do tremor, funcionários inspecionaram os brinquedos da famosa Disneylândia, mas sem fechar o parque.
No centro de Los Angeles, trabalhadores deixaram os prédios mais altos durante o terremoto. O prédio da prefeitura foi evacuado. As pessoas começaram a voltar aos edifícios depois de 15 minutos.

Big One

A Califórnia vive no temor da chegada do "Big One", um terremoto devastador na falha de San Andreas que, segundo os cientistas, tem 70% de chances de acontecer nos próximos 30 anos. Os especialistas afirmam que a linha de falha provoca um terremoto deste tipo uma vez a cada 150 anos. A última grande catástrofe ocorreu em 1857.

O último grande terremoto na Califórnia havia sido registrado em janeiro de 1994. Um tremor de 6,7 graus com epicentro em Northridge, a 40 quilômetros a noroeste de Los Angeles, provocou a morte de 60 pessoas.

Pessoas deixam prédio na região de Los Angeles após tremor (Foto: AP)
Nota: Os terremotos se tornaram tão frequentes como o crime, a violência, a fome, os desastres naturais e tudo que foi avisado por Cristo como sendo o princípio das dores, é ligar a televisão no noticiário. Estes acontecimentos só reforçam a idéia de que o fim está próximo. Mas muitos já não olham para eles como sendo um aviso para se prepararem, continuam levando suas vidas como se nada de extrema importância estivesse para acontecer. A minha grande preocupção na verdade não é com a lei dominical ou com os sinais que ora estão sendo dados, mas sim com o tipo de vida que o povo de Deus tem levado, estamos precisamente no tempo em que as dez virgens dormiram, este é o estado da igreja, dormindo. Leia a postagem A Verdadeira Solução para IASD.

Cardeal Jean LouisTauran encerrou conferencia inter religiosa de Madrid, salientando que judeus, cristãos e muçulmanos podem mudar o decurso da histor

O cardeal Jean Louis Tauran Presidente do Conselho pontifício para a unidade dos cristãos encerrou em Madrid os trabalhos da conferencia para a diálogo entre as religiões, convocada pelo Rei Abdallah Bin Abdelaziz Al Saud da Arábia Saudita. A iniciativa que congregou 200 personalidades pertencentes ao judaísmo, cristianismo e Islão, além de vários espoentes das religiões asiáticas, constitui um passo importante dado pela Arábia Saudita, no caminho do diálogo e do encontro entre as grandes religiões. Os participantes na conferencia, inaugurada pelo soberano saudita juntamente com o Rei de Espanha Juan Carlos concluiu-se com a proposta de um pacto anti-terrorismo enquanto este ultimo, como se lê no documento conclusivo é um dos principais obstáculos para o diálogo e a coexistência pacifica.

Sublinha-se que o terrorismo é um fenómeno universal que deve ser combatido seriamente, de maneira justa e responsável, graças a um esforço internacional comum, cujos termos devem ser definidos de maneira pontual e concreta .

O Cardeal Tauran, que levou á conferencia a saudação do Papa , partilhou com os participantes na conferencia duas considerações pessoais. A primeira é que foi colocada á disposição de todos as riquezas das próprias convicções pessoais. A segunda convicção é que, enquanto crentes, somos um dom para a sociedade.

Esta realidade - disse ainda o cardeal Tauran - torna imperativo que a liberdade religiosa seja considerada para além da importante necessidade de ter lugares de culto que é o mínimo que se pode pretender. A liberdade religiosa deve incluir também a possibilidade para os crentes de tomar parte activa no diálogo publico mediante responsabilidades sociais, politicas e culturais em que devem servir de modelo. Em relação ao futuro próximo do diálogo entre as grandes religiões, o cardeal Tauran estabeleceu três objectivos: promover o conhecimento recíproco, encorajar o estudo das religiões de maneira objectiva; formar as pessoas ao diálogo inter religioso. Não é minha intenção dizer que todas as religiões são mais ou menos iguais – precisou. Quero dizer que todos aqueles que procuram a Deus têm a mesma dignidade.

Fonte Rádio Vaticano

Nota: É notório que o terrorismo será combatido de todas as formas e que a Liberdade Religiosa será tratada com responsabilidade somente para aqueles que aderirem à União Universal das Religiões. E como irá existir um povo que se manterá fiel a Deus sobre a mais ferrenha perseguição, serão eles tratados como terroristas e a liberdade religiosa não haverá para eles.

China: Mais de 600 mil pessoas evacuadas devido a tempestade tropical

Xangai, China, 29 Jul (Lusa) - A tempestade tropical Fung-Wong (Fénix), que obrigou a evacuar mais de 600.000 pessoas nas províncias orientais de Fujian e Zhejiang, chegou à costa sudeste da China com ventos de 119 quilómetros por hora, informou hoje a imprensa estatal.

O tufão perdeu força e transformou-se em tempestade tropical ao mesmo tempo que alcançou a cidade de Fuqing, na província de Fujian, sudeste do país, na segunda-feira ao final do dia, depois de atingir Taiwan com ventos e chuvas fortes que provocaram dois mortos e pelo menos quatro feridos.

As autoridades de Fujian evacuaram 274.300 pessoas e ordenaram a 52.300 barcos de pesca que regressassem ao porto, segundo afirmou o jornal oficial China Daily.

Dezenas de voos foram cancelados no aeroporto de Fuzhou, na mesma província.

Na região vizinha de Zhejiang, outras 338.000 pessoas foram também evacuadas e mais 27.600 barcos de pesca foram obrigados a atracar, de acordo com membros das equipas de emergência citados pela agência noticiosa Nova China.

Não há indicação da existência de feridos mas o distrito de Puxia, em Fujian, ficou sem electricidade porque 15 linhas de transmissão e 498 centrais ficaram danificadas.

Na província de Zhejiang, a sul de Xangai, as autoridades encontram-se em estado de alerta para possíveis desastres, como deslizamentos de terras e inundações, nas cidades Wenzhou, Lishui e Taizhou, onde se esperam chuvas torrenciais pelo menos até quarta-feira.

As províncias de Jiangxi, no leste do país, e de Cantão, no sul, também se encontram em alerta. A Nova China referiu que Fung-Wong, a palavra para Fénix em cantonês, deverá ser a tempestade tropical mais forte do ano com precipitação e ventos fortes até quarta-feira.

Fonte Lusa Agência de Notícia

Incêndio queima 12 casas e ameaça outras 2 mil na Califórnia

Los Angeles - O incêndio que afeta uma área próxima ao Parque Nacional de Yosemite, na Califórnia (Estados Unidos), queimou até agora 12 casas e ameaça outras duas mil, informaram hoje as autoridades estaduais.

O fogo, que se originou em 25 de julho, arrasou 10.600 hectares segundo o último relato oficial, que indicava que apenas 10% do incêndio está sob controle.

Além das casas destruídas, outras 27 edificações foram destruídas e 200 famílias tiveram que abandonar suas residências.

Atualmente, existe uma ordem de evacuação para a comunidade de Midpines pela proximidade das chamas e se encontram em alerta os habitantes de Briceburg, ambas áreas residenciais contíguas com Yosemite.

As autoridades do parque afirmaram hoje de manhã que o fogo se encontra fora dos limites do espaço protegido e que todas as instalações de Yosemite estão abertas ao público, apesar de o incêndio ter afetado a qualidade do ar e a visibilidade em algumas zonas.

Como medida de cautela, foi interrompido o fluxo elétrico no vale de Yosemite, um local também freqüentado pelos turistas.

O incêndio, causado por atividade humana, embora atualmente se investigue se foi provocado, arde com intensidade nas duas margens do rio Merced em uma zona de difícil acesso, o que complica a tarefa das mais de 2.500 pessoas mobilizadas para acabar com as chamas.

Os serviços meteorológicos anunciaram para a Califórnia uma nova semana de calor e ambiente seco, o que favorecerá a propagação dos incêndios.

Nota: E o fogo continua a atingir os EUA. Ondas de calor maiores ainda virão. O sol arderá ainda mais. Está Escrito. Estes acontecimentos são apenas o início.

Mulheres-bomba matam 57 pessoas no Iraque

RIO - Três mulheres-bomba mataram pelo menos 57 pessoas e feriram outras 200 quando detonaram explosivos em meio a procissões realizadas por xiitas. Os ataques, um dos mais sangrentos dos últimos meses no Iraque, chamam atenção para a fragilidade dos recentes avanços realizados no país ocupado, onde o número de incidentes violentos está em seu menor patamar desde o início de 2004.

A intensificação dos esforços americanos não são suficientes para conter a violência, mesmo com um forte esquema de segurança montado em virtude do festival religioso.

Ninguém assumiu a responsabilidade pelas explosões de Bagdá, mas a rede Al Qaeda, organização sunita, já realizou vários atentados contra peregrinos xiitas.
A rede passou a usar um número crescente de mulheres em seus atentados suicidas porque as militantes conseguem escapar com maior facilidade das revistas.

Só este ano, 27 ataques ocorridos no Iraque foram realizados por mulheres, um grande aumento em relação aos oito do ano passado.

Explosões

Os ataques ocorreram em dois locais, no povoado xiita de Karradah. As primeiras bombas explodiram perto do Teatro Nacional, e foram seguidas por um ataque próximo ao alojamento dos peregrinos. Os três bombardeios quase simultâneos intensificaram o clima de insegurança em todo o país.

Ao menos 1 milhão de pessoas deve participar da peregrinação na capital iraquiana, que chega a seu ápice hoje e marca a morte de um dos 12 imãs do islã xiita.

Militares dos EUA disseram que “três agressores suicidas podem ter realizado os ataques na capital”, mas não admitiram que se tratava de mulheres.

No domingo, a polícia disse que homens armados mataram sete peregrinos na zona sul de Bagdá. Ontem, porém, algumas autoridades questionaram esse relato, afirmando não ter tomado ciência de nenhuma agressão do tipo.

Em Kirkuk, imagens de TV mostraram milhares de pessoas protestando contra uma lei eleitoral quando uma explosão provocou uma correria. Os ataques na capital começaram às 7h15, quando as mulheres detonaram as bombas em locais distintos a menos de 1 km de distância umas das outras.

Na cidade, de composição étnica mista, o toque de recolher deve ficar em vigor até hoje.
Os bombardeios em Bagdá deixaram pilhas de destroços e vidros nas ruas, junto com pedaços de carros e sandálias de peregrinos, muitos dos quais haviam dormido em acampamentos antes de saírem de madrugada para começar a marcha anual para um santuário.

Os quartos de emergência dos hospitais ficaram todos lotados.

– Escutei mulheres e crianças chorando e gritando – lamentou Mustapha Abdullah, de 32 anos, que foi ferido na barriga e nas pernas.

Este foi o ataque com o maior número de vítimas na capital desde 17 de junho, quando um caminhão-bomba matou 63 pessoas em Hurriyah.

As forças de segurança do Iraque tinham preparado cerca de 200 mulheres esta semana para investigar as peregrinas em Kazimiyah, mas os ataques ocorreram ainda longe do templo. Havia poucas mulheres para cuidar da segurança da procissão em si.

Xiitas na rota para Kazimiyah têm sido atacados nos últimos anos em áreas do sul de Bagdá. Nenhum grande bombardeio havia sido registrado, embora pelo menos mil pessoas tenham morrido numa ponde da capital no que se acredita ter sido um ataque suicida em 2005.

Desde a queda de Saddam Hussein, que era sunita, em 2003, os partidos políticos xiitas encorajam grandes manifestações, procissões e festivais religiosos na cidade, para exibir a o setor de poder majoritário no Iraque. Os extremistas sunitas sempre organizam ataques para fomentar a guerra, mas isso não impede os xiitas de se reunirem de novo.

Fonte JB Online

Nota: Os terroristas estão fazendo seu papel incumbidos pelo inimigo para que todos os filhos de Deus, homens e mulheres, fiquem impossibilitados de pregar o evangelho durante o período de angústia, realmente a obra irá ser terminada pelas crianças, como proferiu Ellen White.

28 julho 2008

JMJ de Sydney, um «Novo Pentecostes», segundo Papa

CASTEL GANDOLFO, domingo 27 de julho de 2008 (ZENIT.org).- Bento XVI considera que a Jornada Mundial da Juventude, que aconteceu de 15 a 20 de julho em Sydney, foi um «novo Pentecostes».

Como aconteceu há dois mil anos quando os apóstolos estavam reunidos no Cenáculo com a Virgem Maria, neste acontecimento, no qual participaram 230 mil jovens de todos os continentes, «se relançou a missão dos jovens, chamados a ser apóstolos de seus coetâneos», explicou.

O Papa dedicou seu primeiro encontro público com os peregrinos, reunidos no páteo da residência pontifícia de Castol Gandofo por ocasião da oração mariana do Ângelus, a fazer um balanço de sua viagem apostólica à Austrália, a mais longe das nove viagens internacionais desse pontificado.

Um dia antes de sair de férias à cidade tirolesa de Bressanone, na região italiana de Trentino-Alto Ádige, o Papa reconheceu que teve a oportunidade de «encontrar o rosto jovem da Igreja: era como um mosaico multicolor, formato por rapazes e moças provenientes de toda parte da terra, todos reunidos pela única fé em Jesus Cristo».

Nesses encontros, disse, iniciados por João Paulo II «constituem as etapas de uma grande peregrinação através do planeta, para manifestar como a fé em Cristo nos torna todos filhos do único Pai que está nos céus e construtores da civilização do amor»

A característica do encontro de Sydney, acrescentou, «a tomada de consciência da centralidade do Espírito Santo, protagonista da vida da Igreja e do cristão».

De fato, o tema desta Jornada foi a frase do livro dos Atos dos Apóstolos: «Recebereis a força do Espírito Santo, que virá sobre vós, e sereis minhas testemunhas».

Por isto, explicou, «a Vigília noturna no coração do encontro, sob o Cruzeiro do Sul, foi uma invocação conjunta do Espírito Santo».

E, por fim, durante a celebração eucarística de domingo passado, com a participação de quase meio milhão de pessoas, administrou o sacramento da Confirmação a 24 jovens de vários continentes, entre eles 14 australianos, «convidando todos os presentes a renovar as promessas batismais»

«Assim, esta Jornada Mundial se transformou em um novo Pentecostes – afirmou –, do qual se relançou a missão dos jovens, chamados a ser apóstolos de seus coetâneos, como tantos santos e beatos, e em particular o Beato Piergiorgio Frassati, cujas relíquias, colocadas na Catedral de Sydney, são veneradas por uma ininterrupta peregrinação de jovens».

A Jornada da Juventude, esclareceu, foi um convite «cada rapaz e moça a seguir seu exemplo, a partilhar a experiência pessoal de Jesus, que transforma a vida de seus ‘amigos’ com a força do Espírito Santo, o Espírito do amor de Deus».

O Papa agradeceu a Igreja da Austrália, e em particular a arquidiocese de Sydney, assim como as autoridades pela acolhida que lhe deram e deram a todos os jovens, e agradeceu as orações que os fiéis do mundo todo fizeram pelos frutos da Jornada Mundial da Juventude.

Fonte ZENIT.org

Nota: É notório o grande reavivamento da Igreja Católica e no meio evangélico. Milhares de pessoas tem aderido a fé evangélica pelos "milagres" que eles advogam executar pelo Poder de Deus. Alguns dias na minha cidade aconteceu um evento da Igreja Católica como nunca havia visto antes, "Santas Missões Populares", mais de mil pessoas saíram às ruas para evangelizar. Eles começavam seus trabalhos às 4:00 horas da manhã, todos os dias, isso aconteceu durante uma semana e chamou a atenção de toda a cidade. O movimento carismático tem crescido a cada dia. Esta JMJ na Austrália foi um exemplo do grande reavivamento que tem passado a igreja católica. O movimento tem crescido de todos os lados, evangélicos e católicos. Tudo isso foi profetizado.

Diante de "ameaças globais", Obama pede união entre EUA e Europa

Berlim, 24 jul (EFE).- O candidato democrata à Casa Branca, Barack Obama, pediu hoje, em Berlim, uma maior unidade entre Estados Unidos e Europa para fazer frente às "ameaças globais", como o terrorismo e a mudança climática, e lembrou que "nenhum país, por mais poderoso que seja, pode vencê-las sozinho".

"O único caminho é a unidade, derrubar barreiras e muros e construir em seu lugar pontes", disse Obama para mais de 100 mil pessoas que, na Coluna da Vitória, presenciaram o único discurso previsto do democrata na viagem européia iniciada em Berlim.

Após saudar repetidamente os berlinenses, a chanceler Angela Merkel e os demais políticos alemãs com quem se reuniu, Obama lembrou que Berlim representa "o sonho (...) da liberdade", em alusão aos tempos em que um muro dividia a cidade.

O democrata americano lembrou que, em um passado não tão distante, houve "diferenças entre EUA e Europa" - em alusão à Guerra do Iraque - e prometeu que "um novo Governo dos EUA" fará o possível para qie isso não se intensifique.

"Vamos reorganizar o mundo", disse em discurso de cerca de 25 minutos.

Obama se reuniu previamente com a chanceler Angela Merkel, e com o ministro de Assuntos Exteriores alemão, Frank-Walter Steinmeier, com quem abordou a situação nos focos de conflito internacionais.

Segundo fontes governamentais, Obama e Merkel analisaram a disputa nuclear com o Irã, a situação do Afeganistão e Paquistão e o processo de paz no Oriente Médio, em um diálogo qualificado de "aberto".

A estadia de Obama em Berlim deu trabalho à Polícia, pois apesar do senador americano não ter oficialmente o status de chefe de Estado ou Governo, o dispositivo de segurança é similar.
Os arredores da Coluna da Vitória foram isolados, e todas as ruas adjacentes ao monumento foram bloqueadas e, para chegar ao espaço reservado ao público, era preciso passar por uma revista rigorosa. EFE

Fonte Portal G1

Nota: Sei que a profecia diz que a Lei dominical virá de um republicano, porém venha que vier como novo presidente dos EUA o recado é o mesmo: "Reorganizar o Mundo". Quem sabe Bush antes de sair não deixe tudo como a profecia ensina e o seu sucessor continua? Obama até parece BXVI em seus discursos: "O único caminho é a unidade, derrubar barreiras e muros e construir em seu lugar pontes".

ABATER OS MUROS EM NOME DO ECUMENISMO: TEMA DE ENCONTRO NA ALEMANHA

Mosbach, 25 jul (RV) - "Abater os muros em nome do ecumenismo" é o tema do encontro que se realizará em Mosbach, na Alemanha, no domingo, dia 27, na ex-igreja de Santa Juliana, dividida ao meio por um muro trezentos anos atrás.

De um lado da igreja celebravam os católicos e do outro, os protestantes. No próximo domingo, o muro será aberto para reunir os fiéis das duas confissões. O evento se celebrará com uma "Festa ecumênica de abertura do muro" e será possível passar de um lado ao outro da igreja através de duas portas. Estarão presentes na celebração o bispo auxiliar de Friburgo, Dom Bernard Genoud, e o representante do bispo protestante de Land Baden, Gerhard Vicktor.

No tempo da Reforma, a igreja de Mosbach era protestante e a missa católica era proibida. Em 1685m o príncipe católico Philipp Wilhelm proclamou a plena liberdade de religião e decretou que protestantes e católicos dividissem a igreja. Como não era possível entrar num acordo, a igreja foi dividida em 1708.

A abertura do muro representa uma etapa importante para as duas comunidades religiosas. Os dois párocos, Klaus Bader e Dirk Keller, consideram o evento o resultado de um longo processo ecumênico, que teve seu primeiro momento importante no acordo de colaboração ecumênica assinado em 2005. (MJ)

Fonte Rádio Vaticano

Inundações deixam ao menos 13 mortos na Ucrânia

Kiev, 27 jul (EFE).- Pelo menos 13 pessoas morreram e milhares tiveram que ser evacuadas no oeste da Ucrânia, onde as fortes chuvas que acompanham o ciclone balcânico provocaram as piores inundações em um século.

"A situação é gravíssima. A Ucrânia não viu nada parecido nos últimos cem anos", declarou à imprensa o primeiro vice-primeiro-ministro do país, Aleksandr Turchinov, na região de Ivano-Frankivsk, uma das cinco já atingidas pelas inundações.

O presidente da Ucrânia, Viktor Yushchenko, viajou hoje com urgência às zonas afetadas, para onde também seguiu a primeira-ministra Yulia Timoshenko, apesar de estar doente, segundo porta-vozes oficiais.

Segundo o Ministério de Situações de Emergência, 13 pessoas morreram nos últimos dias nas regiões afetadas pelo ciclone, incluindo cinco crianças, enquanto outros dois habitantes estão desaparecidos.

Equipes de resgate evacuaram sete mil pessoas, mil delas por helicópteros e botes, das cidades e aldeias margeadas pelas águas do rio Dniester, que transbordou por causa das chuvas, dos fortes ventos e da neve derretida nos montes Cárpatos.

Segundo Turchinov, as águas inundaram mais de 21 mil casas e 20 mil hectares de plantações. Além disso, destruíram 2.020 quilômetros de estradas e mais de cem pontes.

Somente na região de Ivano-Frankivsk, as inundações acabaram com 75% da colheita, segundo a agência "Unian".

Em alguns setores do rio Dniester, as águas subiram mais de sete metros e também encheram o reservatório local, colocando em perigo as obras de construção de uma hidroelétrica.

Turchinov afirmou que os fundos previstos no orçamento para contornar as conseqüências dos desastres naturais serão "insuficientes", por isso o Governo deverá definir com urgência verbas o adicionais. EFE

Fonte Portal G1

Impulsora de la iniciativa por el descanso dominical busca adhesiones en la ciudad

La cordobesa María Leticia Medina recorre las provincias del país en busca de adhesiones a su propuesta que promueve que los comercios cierren sus persianas los domingos. Intenta juntar 400 mil firmas para que el proyecto pueda presentarse en el Congreso de la Nación.
El Arzobispado de Corrientes recolecta firmas a través de sus parroquias e instituciones arquidiocesanas hace meses para que los comercios no abran los domingos. Con el acompañamiento de la Junta Arquidiocesana del Apostolado de los Laicos, la impulsora de la Iniciativa Popular por el Descanso Dominical, María Leticia Medina, estará juntando firmas en la Peatonal Junín, casi esquina San Lorenzo de quienes estén interesados de que esta propuesta se convierta en realidad.

Así, desde las 18.30 hasta las 20.30, la población que quiera estampar su rúbrica en las planillas de quienes se adhieren a esta propuesta, que luego será presentada al Congreso de la Nación podrán pasar por el stand preparado para la ocasión, en plena Peatonal Junín.Cabe recordar que la promotora de esta iniciativa para que los comercios bajen sus persianas los domingos es un ama de casa de Córdoba. Decidida a concretar su propuesta, recorre las provincias juntando firmas hasta alcanzar las 400 mil que se requieren para que la idea se pueda presentar ante el Congreso de la Nación.

El proyecto busca que los comercios cierren los días sábados a partir de las 13 hasta las 24 del día domingo, así como también los días feriados nacionales y días no laborables.

Al respecto, vale recordar que el arzobispo de Corrientes, Andrés Stanovnik, ya se manifestó en varias oportunidades a favor de esta iniciativa y por ello el Arzobispado inició hace unos meses una campaña de recolección de firmas a través de sus parroquias, movimientos e instituciones arquidiocesanas.

El proyectoEl proyecto se basa en la derogación del artículo 18 del Decreto 2284/91, que permite la libre apertura de horarios y días de trabajo en la presentación de servicios de venta y otras actividades comerciales afines; la sustitución de los Artículos 166 y 167 de la Ley de Contrato de Trabajo, buscando que los trabajadores no presten servicios en los días feriados nacionales y días no laborables.De esta manera no se trabajará desde el sábado a partir de las 13 hasta las 24 del día domingo, como así tampoco los días feriados nacionales y días no laborables, salvo las siguientes excepciones: empleos de dirección o vigilancia, accidentes o trabajos de urgencias, excepciones reglamentarias, no incluyendo supermercados, cadenas de supermercados, hipermercados y grandes tiendas.

Por el descansoLa iniciativa popular tiene el objetivo de permitir el descanso de los trabajadores, el encuentro familiar y la participación religiosa. Cuenta con el apoyo de 110 delegaciones gremiales de empleados de comercio, que recolectan firmas, y tiene el auspicio de la Conferencia Episcopal Argentina, que también aspira a que los trabajadores dediquen esa jornada al encuentro familiar y la participación religiosa.Esta propuesta toma en consideración la Doctrina de la Iglesia sobre el domingo sentada en la carta apostólica “El Día del Señor” de 1998, en la que el extinto Papa Juan Pablo II aseguró que el descanso dominical atañe a “la dignidad de los hombres”.

“Esas exigencias difícilmente pueden ser satisfechas si no es salvaguardando por lo menos un día de descanso semanal, en el que gozar juntos de la posibilidad de descansar y de hacer familia”, subrayó Karol Wojtyla en ese documento.

Tras explicar que la relación entre el domingo y el descanso van “más allá de la perspectiva religiosa”, Juan Pablo sostuvo que además le corresponden “exigencias familiares, culturales e interpersonales”.

A Itatí

Esta recolección de firmas se trasladará mañana y pasado a la localidad de Itatí, en el jardín de infantes “Pimpollito”, a la vuelta de la Basílica (calle Gamarra y Desiderio Sosa), Acompañarán también esta actividad algunas delegaciones gremiales de empleados de comercio de la provincia.

Para mayores informes, ya sea retirar las planillas o adherir con la firma, los interesados deberán dirigirse al Arzobispado de Corrientes, 9 de Julio 1543; de lunes a viernes de 9 a 12, o llamar al 463808; vía mail: arzctes@yahoo.com.ar.

Fonte El Litoral

23 julho 2008

Preparação para Crise Final

"No Céu, Deus é tudo em todos. Ali reina suprema a santidade; não há nada para manchar a perfeita harmonia com Deus. Caso estejamos realmente jornadeando para lá, o espírito do Céu nos habitará no coração aqui. Mas, se não encontramos prazer agora na contemplação das coisas celestes; se não temos nenhum interesse em buscar o conhecimento de Deus, deleite algum em deter os olhos no caráter de Cristo; se a santidade não tem nenhuma atração para nós - podemos então estar certos de que é vã nossa esperança do Céu. A perfeita conformidade com a vontade de Deus, é o elevado objetivo a estar sempre diante do cristão. Terá prazer de falar acerca de Deus, de Jesus, do lar puro e bem-aventurado que Cristo preparou para os que O amam. O meditar nesses temas, quando a alma se apascenta das benditas promessas de Deus, é representado pelo apóstolo como provar "as virtudes do século futuro". 2 TS, 342, 343.

EUA e Europa pressionam pela abertura dos mercados emergentes

Os Estados Unidos e a União Européia (UE) pediram nesta quarta-feira maior acesso a seus produtos industrializados nos mercados dos países emergentes, dizendo que não farão mais concessões na área agrícola, durante mais um dia de negociações da Rodada de Doha da OMC (Organização Mundial do Comércio), em Genebra.

"Colocamos uma nova e importante oferta sobre a mesa, agora esperamos que nossos sócios tenham o mesmo para nós", disse a representante americana do Comércio, Susan Schwab, referindo-se à proposta de cortar de US$ 17 bilhões para US$ 15 bilhões os subsídios agrícolas distribuídos anualmente para os agricultores americanos.

Para o comissário de Comércio da União Européia (UE), Peter Mandelson, "está claro que as negociações agrícolas, embora não estejam fechadas, estão ficando para trás e devemos nos concentrar nos bens industriais, onde existem muitos desacordos".

A secretária francesa de Comércio, Anne-Marie Idrac, cujo país exerce a presidência da UE, foi clara, dizendo que a UE não fará mais concessões.

Ela reafirmou "de maneira ofensiva e sem complexos, a vontade européia, muito natural, de obter nestas negociações uma parte de reciprocidade".

"Não haverá novas concessões, não haverá outro movimento por parte da UE, porque já propusemos tudo o que podíamos antecipadamente", declarou.

Idrac se referiu assim à reforma da Política Agrícola Comum (PAC) da UE em 2003, que reduziu os subsídios, e à proposta discutida em Genebra, de cotar em 60%, em média, as tarifas aduaneiras da UE aos produtos agrícolas.

Além disso, Idrac mencionou três pontos da negociação, o primeiro dos quais às garantias de que as flexibilidades alfandegárias concedidas a certos países não permitirá que eles coloquem ao abrigo da concorrência a totalidade de um único setor (cláusula anti-concentração).

Os outros dois pontos se referem à inclusão em um eventual acordo dos temas dos serviços e das regras de origem (denominação de vinhos e licores em particular).

Índia e Brasil, líderes do G20 de países emergentes, não concordam com os países industrializados.

O ministro de Comércio e Indústria, Kamal Nath, um dos porta-vozes dos países emergentes na OMC, foi bem crítico, reforçando a posição do Brasil sobre a oferta americana.

"A oferta dos Estados Unidos em matéria de subsídios é totalmente inadaptada e sem relação com os preços atuais dos produtos alimentares nem com o que pedimos", declarou o ministro, reconhecendo por outro lado que a iniciativa foi "boa".

Nath se disse, no entanto, otimista sobre os resultados do encontro. "Vamos ter que trabalhar muito nos três ou quatro próximos dias", ponderou.Segundo ele, a atual crise mundial deve incentivar os 153 países membros da OMC a chegar a um acordo. "Nestas circunstâncias, é imperativo que todas as partes façam concessões para que possamos avançar nas negociações", destacou.

O ministro brasileiro das Relações Exteriors, Celso Amorim, destacou que a "bola ainda está no campo dos países ricos (EUA e Europa)".

Fonte Último Segundo

Nota: Meu objetivo em colocar esta postagem é para deixar claro o seguinte: Daniel 2 afirma que a Pedra atingiria Roma dividida. Nós sabemos que a União Européia é composta, em sua maioria, pelos países restantes do Império Romano, os EUA por sua vez são Anglo-Saxões, descendentes dos Anglo-Saxões que formaram a Inglaterra, então todos são iguais, UE e EUA, sempre eles. Agora eles, pelo poder que possuem economicamente, tentam pressionar os países emergentes a abrir as portas do mercado para eles. Isto mostra o poder que eles possuem em pressionar os países menores para acatar suas propostas, ameaçando-os de retaliação em um mercado maior e mais lucrativo. Estes países que formam o bloco dos países mais ricos do mundo seguem de perto os EUA, seu líder. Então fica claro que quando for feito o ataque final ao povo de Deus, estes dois, UE e EUA, pressionarão os outros a seguirem, por isso é que Ellen White disse que os últimos acontecimentos seriam rápidos, pois se eles pressionam agora em um assunto mais delicado, que é o econômico, principalmente em uma crise financeira em vivemos, imaginem quando o assunto for a preservação do planeta? "As nações estrangeiras seguirão o seu exemplo. Posto que ela seja a líder, a mesma crise atingirá todo o nosso povo em toda parte do mundo". 3TS, 46. "Quando os Estados Unidos, o país da liberdade religiosa, se aliar com o papado, a fim de dominar as consciências e impelir os homens a reverenciar o falso sábado, os povos de todos os demais países do mundo hão de ser induzidos a imitar-lhe o exemplo". 2 TS, 373.

Compras proibidas aos domingos na Croácia

O parlamento croata aprovou uma lei obrigando as lojas a fecharem aos domingos em uma concessão para a Igreja Católica Romana.

A Igreja por anos fez campanha para os domingos fossem dedicados à família ou à missa, na Croácia, que é quase 90 por cento Católica Romana. Mas os croatas começaram a gastar os finais de semana nos shopping centers que floresceram em todo o país nos últimos anos, e permanecem em aberto sete dias por semana.

A lei aprovada passa a vigorar em 1 de Janeiro. Ela permite fazer compras aos domingo durante o verão e feriados de natal.A lei também permite que lojas de gás, ônibus e estações de comboios abram aos domingos durante o ano todo, juntamente com hospitais. Padarias, revistaroias e floriculturas também estão isentos da proibição.

Fonte - CBS News

Nota: E os dogmas da Igreja Católica ganhando força no mundo. A "Lei Natural" como diz BXVI começa a ganhar força.

Lista antiterrorista dos EUA

O que têm em comum uma freira católica, um piloto de avião e Cat Stevens? Nada, a não ser pelo fato de estarem entre os mais de um milhão de nomes que fazem parte da lista de vigilância antiterrorista formulada pelas autoridades norte-americanas.

Esta lista, que supostamente contém os nomes dos terroristas ou pessoas suspeitas de estarem ligadas ao terrorismo, cresceu consideravelmente desde o 11 de setembro de 2001 e impede que pessoas que, a princípio, apresentam uma conduta correta embarquem em um avião, segundo a Associação norte-americana pelas Liberdades Civis (ACLU). Leia mais...

NOTA Minuto Profético: Em breve nessa lista negra constará o nome de qualquer um que se manifeste contra as decisões do governo norte-americano... A questão da "segurança nacional" é mera fachada para os interesses da Nova Ordem Mundial.

Nota RUE: "Eles estão agindo como cegos. Não vêem que se um governo protestante abandona os princípios que deles fizeram uma nação livre e independente, e, pela legislação, introduz na Constituição princípios que propaguem a falsidade e ilusão papal, eles estão se lançando nos horrores romanos da Idade Média". EF, 110. A Liberdade que antes fizeram dos EUA a maior democracia do mundo está se tornando mais frágil a cada dia. As profecias estão se cumprindo exatamente como fora predito.

Furacão Dolly sobe à categoria dois antes de atingir Texas

O furacão Dolly ganhou força nesta quarta-feira e atingiu a categoria dois, com ventos de até 160 km/h, antes de atingir terra na fronteira entre o Texas (EUA) e o México, informou o Centro Nacional de Furacões (NHC, em inglês) dos EUA.

A escala Saffir-Simpson de intensidade tem como categoria máxima o nível cinco e os furacões são considerados perigosos quando chegam à categoria três. No entanto, Dolly, que se alimenta das águas quentes do golfo do México, pode destruir estruturas mais antigas ou mal construídas, além de casas móveis.

Os meteorologistas do NHC, com sede em Miami, afirmaram em seu boletim das 12h (em Brasília) que "o olho de Dolly estará cruzando perto do litoral, na fronteira entre Texas e México, em poucas horas".

O centro de Dolly estava localizado a essa hora perto da latitude 26 graus norte e da longitude 97 graus oeste, cerca de 50 quilômetros de Brownsville (Texas).

Ventos

Os ventos e as chuvas que passaram um pouco ao norte da fronteira entre México e EUA, deixaram mais de 27 mil pessoas sem energia elétrica no sul do Texas. Segundo a agência Reuters, o número de pessoas atingidas deve aumentar hoje, quando o furacão avançar sobre o continente.

O aviso de furacão já foi divulgado para os moradores da área.

Dolly se desloca em direção ao noroeste a uma velocidade de 11 km/h e está previsto que mantenha uma trajetória oeste-noroeste, com uma ligeira diminuição de sua velocidade, segundo especialistas.

O NHC ressaltou a importância de que os habitantes das regiões ameaçadas por Dolly estejam preparados para se proteger e acrescentou que o furacão deve causar até 380 milímetros de chuvas no sul do Texas e nordeste do México.

Texas

O governador Rick Perry, do Texas, colocou 1.200 guardas em alerta e declarou desastre em 14 condados vizinhos. Autoridades do Estado divulgaram que os moradores da região não precisarão deixar suas casas até que o furacão chegue à categoria 3, com ventos de 178 km por hora.
De qualquer maneira, o governo disponibilizou 250 ônibus da cidade continental de Santo Antônio para retirar os moradores das áreas de risco quando for necessário. Autoridades temem que as barragens do rio Grande transbordem.

Meteorologistas citados pela Reuters afirmaram que não deve haver impactos sobre a grande refinaria norte americana de petróleo localizada no golfo do México.

Durante a presente temporada atlântica, que começou em 1º de junho e terminará em 30 de novembro, se formaram quatro tempestades tropicais: Arthur, Cristóbal, Dolly e Bertha, sendo que as duas últimas se transformaram em furacões.

Segundo os meteorologistas, a temporada será "ligeiramente mais ativa" que o normal, com formação de entre seis e nove furacões e de 12 a 16 tempestades tropicais.

Após a destruição causada pela passagem do Katrina em 2005, apenas o furacão Humberto atingiu a costa dos EUA, em outubro de 2007.

Fonte Folha Online

Quénia: Mais de catorze milhões de pessoas ameaçadas pela fome

Nairobi, 22/07 - Pelo menos Cerca de 14, 6 milhões de pessoas estão ameaçadas pela fome no Corno de África, devastado pela seca e pela penúria alimentar, se os doadores não desponibilizarem os fundos necessários.

De acordo com um comunicado difundido hoje, terça-feira pela ONU em Nairobi, o "número total de pessoas que têm necessidades de uma ajuda alimentar no Corno de África é de 14,6 milhões", declarou um porta-voz do Programa Alimentar Mundial (PAM), Peter Smerdon.

Para o efeito, o PAM, lançou um apelo de urgência de 403 milhões de dólares (254 milhões de euros - 1 euro equivale a 119, 122 Kwanzas), para a aquisição de alimentos para se prestar socorro aos necessitados da Somália, Djibuti e Etiópia.

Incluindo as populações ameaçadas pela fome no Quénia e na região ugandesa de Karamoja.

Segundo o PAM, pelo menos 2,6 milhões de somalís, numa população de 10 milhões de habitantes, estão ameaçadas por uma grave crise alimentar, mas essa cifra poderá aumentar para 3,5 milhões até final do ano em curso.

Por outro lado, 4,6 milhões de etíopes precisam de uma ajuda alimentar de urgência, devido à seca que grassa àquele país em alta escala.

No Quénia, país que acaba de sair de uma grave crise pós-eleitoral, 1,2 milhões de pessoas necessitam de ajuda alimentar, devido a inoperância do sector agrícola que foi altamente afectado pela violência. No Uganda, 707 mil pessoas enfretam uma grave crise alimentar na região árida e marginalizada de Karamoja (nordeste), habitada por pastores, acrescenta a mesma fonte.

Fonte Angola Press

22 julho 2008

Diouf: Altos preços de alimentos agravam fome no mundo

Havana, 21 jul (acn) O aumento dos preços dos alimentos a agravou a fome no mundo, disse o diretor-geral da Organização das Nações Unidas para a Agricultura e a Alimentação (FAO), Jacques Diouf, de visita oficial em Havana.

Diouf lamentou o não cumprimento das promessas de ajuda financeira à agricultura por parte das instituições bancárias internacionais e entes oficiais.

Este respaldo longe de incrementar-se reduziu-se em um 58 por cento, disse.


O número de famintos no mundo aumentou em 50 milhões e poderia ascender no ano em curso, assegurou Diouf em uma conferência magistral dada na Aula Magna de Universidade de Havana.
O alto funcionário da ONU foi recebido na tarde desta segunda-feira, pelo primeiro vice-presidente José Ramón Machado Ventura.


MADRI: CONFERÊNCIA INTER-RELIGIOSA VAI DEBATER "DRAMAS DA HUMANIDADE"

Madri, 16 jul (RV) - Os reis da Espanha, Juan Carlos e Sofia, acolheram ontem no Palácio Real de Madri o Rei da Arábia Saudita, Abdalá Bin Abdulaziz Al Saud. O rei saudita é o promotor da Conferência Mundial para o Diálogo Inter-religioso, que tem início hoje na capital espanhola. Prevê-se a participação de 300 expoentes religiosos.

O evento será inaugurado no Palácio do Pardo com os discursos dos reais da Espanha e da Arábia Saudita e do secretário da Liga islâmica mundial, Abdallah Bin Abdul Muhsin Al Turki. Ele informou que a conferência vai discutir a importância do diálogo para seguir as mensagens divinas e buscará a colaboração das sociedades para instaurar justiça, segurança e paz. Al Turki disse ainda que o evento debater os males do terrorismo, da injustiça e do uso de substâncias estupefacientes, e outros "dramas da humanidade".

A Conferência será dividida em quatro eixos temáticos: o diálogo e as suas origens religiosas e civis; a importância do diálogo na convivência pacífica e nas relações internacionais; a importância da religião na luta à criminalidade, à corrupção e à difusão da droga; e, por fim, o futuro do diálogo e o esforço dos Estados e das organizações mundiais em reforçá-lo e combater seus obstáculos.

O fato de a Arábia Saudita ter organizado o evento é significativo, pois ainda hoje as práticas religiosas não islâmicas são proibidas em todo o território saudita.

A Conferência recebeu a adesão da Santa Sé, por meio do Cardeal Jean-Louis Tauran, e do Grão Rabinato de Israel. (BF)

Fonte Rádio Vaticano

Nota: Arábia Saudita, país islâmico, aberto ao diálogo inter-religioso ao ponto de promover um encontro para discutir meios de integrar todas as religiões para combater os "Dramas da Humanidade". Ainda tendo como um dos eixos temáticos deste encontro o esforço do Estado em promover essa integração religiosa e combater os obstáculos que irão tentar impedi-la (Poder Político e Poder Religioso juntos novamente). Alguém ainda tem dúvida de que algo muito solene está para acontecer? Eu não tenho nenhuma. Veja os resultados desta Conferência clicando aqui. Leia também o comentário do Site Cristo Voltará.

21 julho 2008

Como criar nossos filhos em mundo onde a violência, o crime, a corrupção e a imoralidade reina.

Sempre que ligo a televisão para assistir o noticiário fico alarmado diante de tanta violência, desastres e corrupções que são diariamente noticiados. Fico a pensar nas pessoas que vivem nessas cidades onde a violência impera. Alguns dias atrás assistir uma reportagem sobre um tiroteio que aconteceu em uma dessas favelas em São Paulo entre a polícia e os traficantes e percebi que as pessoas passavam por ali e apenas tentavam se proteger dos tiros, algumas mulheres com crianças pequenas escondiam-se por detrás dos postes. Aonde nós chegamos? As pessoas se acostumaram com a violência, ao ponto de continuarem vivendo nestas condições.

Nas cidades grandes, muitos saem pela manhã para trabalhar e não sabem se irão voltar para seus lares no final do dia.

Ellen White falou sobre isso dizendo: “Foi-me revelado que as cidades se encherão de confusão, violência e crime, e que estas coisas aumentarão até ao fim da história da Terra”. 3 TS, 115.

Fico a pensar no povo de Deus que continua a viver nas cidades grandes, estressados, preocupados, assustados, com medo. Eu pergunto por quê? Será que é o desejo de ganho terreno que os fazem continuar a viver em profunda preocupação e stress? Chegando em casa tarde, saindo cedo e não possuindo tempo para a família, será esse o objetivo e o desejo do povo de Deus que está a aguardar o segundo advento de Cristo?

Leia esta declaração: “Em todo o mundo, as cidades estão se tornando viveiros de vícios. Por toda parte se vê e ouve o que é mau, e encontram-se estimulantes à sensualidade e ao desregramento. Avoluma-se incessantemente a onda da corrupção e do crime. Cada dia oferece um registro de violência: roubos, assassínios, suicídios e crimes inomináveis”. CBV, 363.

O aviso para o povo de Deus é cada vez mais claro: “Quem dera que o povo de Deus tivesse uma idéia da iminente destruição de milhares de cidades, agora quase dominadas pela idolatria!” EV, 29.

As cidades serão destruídas por causa da idolatria, da violência e da corrupção, assim aconteceu com Sodoma e Gomorra, assim acontecerá com as cidades no fim dos tempos. Por este motivo foi-nos aconselhado “Saí das cidades o mais depressa possível, e comprai um pequeno trato de terra, onde possais ter um jardim, em que vossos filhos possam ver as flores crescerem e delas aprenderem lições de simplicidade e pureza”. 2 ME, 356.

Educar os nossos filhos na cidade grande é tarefa, para muitos, impossível, pois falta tempo, pois o tempo disponível é utilizado para o descanso, isso quando não é preenchido com trabalho na igreja, ficando os filhos a mercê da educação depravada da televisão e dos jogos eletrônicos.

O trabalho estressante tem sido um dos principais obstáculos à educação dos filhos, pois o stress impede o pai e a mãe a ter paciência com os filhos, agindo de forma grosseira com eles, afastando assim a amizade e a confiança para conversarem sobre seus problemas, suas preocupações e tentações. Precisamos ser para nossos filhos amigos, amigos os quais eles possam confiar para desabafar sobre seus anseios, suas dificuldades, confessar seus pecados e solicitar oração para vencê-los. Esta amizade só será desenvolvida mediante tempo desprendido para eles, precisamos nos aproximar de nossos filhos e o trabalho estressante nos impede de assim fazermos. Fico agradecido a Deus por ter a muito tempo atendido seu conselho, moro em uma cidade pequena, onde ainda temos um pouco de tranquilidade. Tenho um filho adolescente que conseguir, com a ajuda de Deus, desenvolver uma amizade, onde brincamos de muitas coisas juntos. Certo dia ele me surpreendeu entrando na sala onde eu estava e dizendo: "Pai, preciso da sua ajuda, estou sendo tentado". Orei com ele e graças a Deus tenho assim realizado. Louvado seja Deus!

Por isso novamente é dado outro conselho: “A vida nas cidades é falsa e artificial. A intensa paixão de ganhar dinheiro, o redemoinho da agitação e da corrida aos prazeres, a sede de ostentação, de luxo e extravagância, tudo são forças que, no que respeita à maioria da humanidade, desviam o espírito do verdadeiro desígnio da vida. Abrem a porta para milhares de males. Estas coisas exercem sobre a juventude uma força quase irresistível. Uma das mais sutis e perigosas tentações que assaltam as crianças e jovens nas cidades, é o amor dos prazeres”. LA, 135.

“As crianças e os jovens devem ser cuidadosamente guardados. Devem ser conservados afastados dos focos de iniqüidade que se encontram em nossas cidades”. LA, 136.

“Não é vontade de Deus que Seu povo fixe residência nas cidades, onde há constante agitação e confusão. Seus filhos devem ser poupados a isto, pois todo o organismo é prejudicado pelo corre-corre, precipitação e ruído”. LA, 136.

Quero que saiba que todas estas informações são apenas para nos fazer abrir os olhos, você não precisa agora sair por aí vendendo todos os seus bens e se mudar para o campo, isso poderá lhe causar muitas dores, o que eu aconselho a você meu querido(a) irmão(ã) é que se planeje, prepare-se, para que muito em breve você venha a executar o plano de Deus em sua vida. Tudo deve ser planejado com a orientação Divina. Conheço história de famílias que agiram precipitadamente e sofreram terrivelmente, portanto faça com planejamento, mas faça.

Papa: ecumenismo atingiu um «ponto crítico»

Alerta sobre a tentação de ver a doutrina como divisível

SYDNEY, sexta-feira, 18 de julho de 2008 (ZENIT.org).- Bento XVI disse na manhã dessa sexta-feira em Sydney que o movimento ecumênico está em um ponto crítico, e deve-se resistir contra a tentação de ver a doutrina como divisível.

O Papa afirmou isso em um encontro ecumênico com 50 líderes religiosos que aconteceu no contexto da 23ª Jornada Mundial da Juventude, que segue até domingo na cidade australiana.
Após mencionar as conquistas ecumênicas na Austrália e as oportunidades geradas pelo jubileu do Ano Paulino, o Santo Padre propôs que o movimento ecumênico «chegou a um ponto crítico».

«Para avançar, devemos pedir continuamente a Deus que renove as nossas mentes com a graça do Espírito Santo, que nos fala através das Escrituras e nos guia para a verdade total», explicou.

«Devemos precaver-nos contra toda a tentação de considerar a doutrina como fonte de divisão e, consequentemente, como impedimento daquilo que parece ser a tarefa mais urgente e imediata: melhorar o mundo onde vivemos»

O Papa afirmou que a história da Igreja demonstra que «praxis não só é inseparável da didaché, da doutrina, mas antes dimana dela».

«Quanto mais assiduamente nos dedicarmos a alcançar uma percepção comum dos mistérios divinos, tanto mais eloquentemente hão-de as nossas obras de caridade falar da imensa bondade de Deus e do seu amor para com todos. Santo Agostinho exprimiu a recíproca ligação entre o dom do conhecimento e a virtude da caridade, quando escreveu que a mente retorna a Deus através do amor, e que onde se vê a caridade, vê-se a Trindade».

Verdade e Amor

Bento XVI afirmou que o diálogo entre as religiões cristãs avança não somente «mediante um intercâmbio de ideias, mas também partilhando dons que nos enriquecem mutuamente.

«Uma ‘ideia’ tem em vista alcançar a verdade; um «dom» exprime o amor. Ambos são essenciais para o diálogo», ele explicou. «A abertura de nós mesmos para aceitarmos dons espirituais de outros cristãos estimula a nossa capacidade de receber a luz da verdade que vem do Espírito Santo».

O Santo Padre mostrou também a importância da busca da verdade com duas imagens bíblicas para a Igreja: «corpo» e «templo».

«Quando usa a imagem do corpo, Paulo chama a atenção para a unidade orgânica e a diversidade que permite à Igreja respirar e crescer», explica. «Todavia é igualmente significativa a imagem de um templo firme e bem estruturado, composto de pedras vivas, assentes sobre um alicerce seguro. O próprio Jesus reúne em Si mesmo, em perfeita unidade, estas imagens de ‘corpo’ e de ‘templo’»

«Cada um dos elementos da estrutura da Igreja é importante; mas todos vacilariam e ruiriam sem a pedra angular que é Cristo», acrescenta o Pontífice. «Como ‘concidadãos’ desta ‘casa de Deus’, os cristãos devem trabalhar juntos para fazer com que o edifício permaneça seguro de tal modo que outras pessoas sintam a inclinação para entrar nela e descobrir os abundantes tesouros de graça que se encontram no seu seio.

«Ao promover os valores cristãos, não devemos negligenciar a proclamação da sua fonte, prestando unânime testemunho a Jesus Cristo Senhor. Foi Ele quem confiou a missão aos apóstolos, foi d’Ele que falaram os profetas, e é Ele o que oferecemos ao mundo».

O Papa concluiu com um chamado a refletir sobre a «vocação profética» que os cristãos de todos os tempos receberam.

«Paulo fala da importância dos profetas na Igreja dos primórdios; também nós recebemos uma vocação profética por meio do Baptismo», conclui o pontífice. «Confio que o Espírito Santo abra os nossos olhos para verem os dons espirituais dos outros, abra os nossos corações para receberem a sua força e abra totalmente as nossas mentes para acolherem a luz da verdade de Cristo».

Fonte Zenit.org

Nota: É impressionante o caminho tomado por BXVI para unir as religiões, ele está tentando de todos os modos, apelando para todas as razões lógicas, falando de Verdade e Amor, mostrando que o Amor deve prevalecer para aceitar as diferenças doutrinárias um dos outros e quem agir diferente demonstrará não ser guiado pelo Espírito Santo, ele afirma. Por trás de todo este discurso podemos perceber nas entre linhas um recado para todos aqueles que desejam viver a Verdade qual ela é mostrada na Bíblia. Fico a pensar o porquê ele não faz logo o que tem de fazer, mas se assim o fizesse seria tolice, pois diante de tudo o que temos pregado tomar essa atitude só o levaria a assumir a real posição da Besta e isso ficaria claro para todos aqueles que já conhecem a nossa pregação, então ele fica com mensagens desta natureza, e nós na pré-angústia como disse Ellen White, mas não podemos esquecer que os últimos acontecimentos serão rápidos.

18 julho 2008

A liberdade, a tolerância e a questão ecológica

SYDNEY, 17 Jul. 08 / 10:59 am (ACI).- O Papa Bento XVI denunciou que atualmente na sociedade "há também algo sinistro que brota do fato de que a liberdade e a tolerância estão freqüentemente separadas da verdade. Isto está fomentado pela idéia, hoje muito difundida, de que não há uma verdade absoluta que guie nossas vidas"

Fonte - ACI

O Papa atribuiu esta crise da ecologia natural e da ecologia social ao fato de que a “liberdade e tolerância serem tantas vezes separadas da verdade”....

“Sabemos reconhecer que a dignidade inata de cada indivíduo assenta na sua dignidade mais profunda de imagem do Criador e que, por isso mesmo, os direitos humanos são universais, baseados sobre a lei natural, e não algo dependente de negociações ou de condescendência, e menos ainda de compromissos?”, perguntou o Papa.

Fonte - Zenit

Nota DDP: As perguntas iniciais que me ressoaram com a primeira notícia:
- Quem ditará o que seja ou não verdade?
- O que se fará com quem não se alinhar com esta perspectiva de verdade proposta?
- Para estes últimos não deverá haver "liberdade" e "tolerância"?

As respostas vieram rapidamente quando li a segunda:
- A 'lei natural romana';
- Perseguição;
- Precisa responder?

Bento XVI: religião não deve ser motivo de divisão, mas de união para a paz

Sydney (Austrália), 18 jul (EFE).- O papa Bento XVI assegurou hoje que a religião não deve ser um motivo de divisão, mas de união para encontrar o caminho da paz, durante um encontro com fiéis de outras religiões realizado na cidade de Sydney, onde participa da Jornada Mundial da Juventude.

Acompanhado de seu secretário de Estado, Tarcisio Bertone, e do cardeal australiano, George Pell, o líder católico se reuniu com os dirigentes de outras religiões presentes na Austrália, entre elas a judaica, a islâmica, a hindu e a budista.

O papa afirmou que não se deve ver a religião como "uma causa de divisão, mas como um motivo de união". "Em um mundo ameaçado por sinistras e indiscriminadas formas de violência, a voz unificada das pessoas religiosas insta as nações e comunidades a resolver os conflitos por meios pacíficos e com um completo respeito à dignidade humana", declarou.

"As relações humanas não podem ser definidas em termos de poder, dominação e interesses egoístas. Refletem e devem aperfeiçoar a inclinação natural a viver em comunhão de acordo com os demais", afirmou.

Também falou aos membros das outras religiões sobre a necessidade de preservar o meio ambiente, assunto que se transformou em um dos principais da estadia de Bento XVI em Sydney."Homens e mulheres estão convocados a olhar o meio ambiente como uma maravilha que há de ser considerada e respeitada, ao invés de vê-lo como uma matéria-prima para o simples consumo", assegurou.

Segundo o papa, "cabe às pessoas religiosas demonstrar que é possível encontrar alegria em viver de forma simples e humilde, compartilhando generosamente o excedente de cada um com os que estão necessitados".

Anteriormente, Bento XVI mantivera uma reunião ecumênica com 11 representantes de distintas correntes do cristianismo, dentre as quais a anglicana, metodista e luterana.

O papa destacou que o "movimento ecumênico está em um momento crítico", e acrescentou que "quanto mais se luta por um aprofundamento dos mistérios divinos, mais eloqüentes serão os trabalhos caridosos em favor da bondade de Deus e o amor para todos".

O papa, que não especificou os pontos nos quais a doutrina deve ser flexível, nem qual dos diferentes braços do cristianismo deve ceder, disse que o comum denominador para todas elas é o "batismo".

No entanto, assinalou que esse sacramento "não é o destino final" e que "o caminho do ecumenismo deve levar rumo a uma realização comum da eucaristia".

"Como cidadãos da casa de Deus, os cristãos devemos trabalhar juntos para assegurar que o edifício se mantém firme para que outros entrem atraídos e descubram os abundantes tesouros da graça que há no interior", declarou.

Com o encontro inter-religioso e a reunião ecumênica, Bento XVI começou seu segundo dia de estadia em Sydney, onde hoje realizará um almoço com jovens cristãos e participará de uma Via-Sacra.

Fonte Último Segundo

Nota: Sem comentários. Muito já foi dito. Agora é só esperar e acima de tudo nos preparar. Esta notícia apenas corrobora o que já foi publicado em dezenas de post anteriores. "Prepara-te para te encontrares com o teu Deus!"