26 outubro 2009

A PARALISAÇÃO DO BLOG NÃO HAVERÁ MAIS, NÓS CONTINUAREMOS

No post anterior havia avisado que não iríamos mais continuar com o blog Resta Uma Esperança, mas recebi vários e-mails e alguns comentários solicitanto que continuasse, como o movito era falta de tempo para realizar postagens e preparar arquivos, então conversei com a minha família e resolvemos realizar apenas uma postagem por semana ou a cada 15 dias, fazendo um resumo geral os eventos que dizem respeito à nossa preparação individual.

Quero agradecer a todos aqueles que enviaram seus e-mails e seus comentários.

Que Deus os abençoe.

Resta Uma Esperança

23 outubro 2009

Anúncio de Obama sobre Extraterrestre é iminente


Um anúncio oficial por parte da administração Obama revelando a realidade da vida extraterrestre é iminente. Durante vários meses, altos funcionários do governo vem discretamente considerando a portas fechadas o preço de divulgar ao mundo a existência de vida extraterrestre. A insatisfação entre as instituições poderosas, como a Marinha dos EUA, sobre as longas décadas de política de sigilo tem dado um impulso aos esforços para divulgar a realidade da vida extraterrestre e sua tecnologia.

O anúncio de revelação iminente acompanha a implementação secreta de abertura política sobre UFOs e vida extraterrestre que já tem um ano. Durante o período de 12-14 de fevereiro de 2008, as Nações Unidas realizaram debates à portas fechadas onde cerca de 30 nações concordaram secretamente a respeito de uma nova política de abertura sobre UFOs e vida extraterrestre em 2009. A política de abertura foi implementada, mas nunca anunciada publicamente devido as ameaças contra diplomatas da ONU para não revelar detalhes do acordo secreto. O acordo secreto da ONU foi baseado em duas condições. Primeiro, que os UFOs continuariam a aparecer em todo o mundo e, segundo, que a política de abertura não levaria a um mal-estar social em democracias liberais. Ambas as condições foram satisfeitas tornando possível iniciar a próxima fase - a divulgação oficial de vida extraterrestre.

Em 24 de setembro de 2009, Obama presidindo a reunião sobre a não-proliferação nuclear e desarmamento do Conselho de Segurança da ONU, sinalizou seu papel de liderança emergente no combate contra os grandes problemas mundiais tais como armas nucleares. O Prêmio Nobel da Paz foi um passo importante para dar legitimidade global ao presidente Obama para fazer um anúncio de revelação de vida extraterrestre. Obama está, portanto, preparado para desempenhar um papel proeminente no aumento da governança global que será necessário, depois de um anúncio de revelação de vida extraterrestre. O momento mais provável coincidiria com algum momento logo após seu discurso de aceitação do Prêmio Nobel da Paz em 10 de dezembro de 2009, em Oslo, Noruega.

Há várias fontes que revelaram que considerações estão em andamento para fazer um anúncio relativo à existência de vida extraterrestre até o fim de 2009. Entre estes está o Dr. Pete Peterson, um informante que recentemente revelou discussões de alto nível realizadas com vista ao anúncio da existência de vida extraterrestre. Numa entrevista ao Projeto Camelot, o Dr. Peterson revelou que "Obama está planejando divulgar a realidade do contato com ET's no final do ano, e que a maioria, mas nem todos dos visitantes ET's são amigáveis."

Outra fonte é David Wilcock, um pesquisador proeminente de paradigmas científicos emergentes. Wilcock tem dito por fontes independentes adicionais que a divulgação de vida extraterrestre ocorrerá até ao final de 2009.

[...]

Finalmente, duas fontes independentes e confidenciais revelaram-me pessoalmente que reuniões têm ocorrido recentemente entre oficiais militares dos EUA com um ou mais grupos de visitantes extraterrestres. Isto, segundo dizem, tem levado à confiança e servirá para construir a futura cooperação com os extraterrestres, que será formalmente anunciada à opinião pública, ou no final de 2009 ou início de 2010. [grifo acrescentado]

[...]

Fonte: Examiner

NOTA Minuto Profético: Está explicado por que Obama ganhou o prêmio Nobel da Paz sem ter feito nada que o justifique... É apenas mais um marionete no estabelecimento da Nova Ordem Mundial. Não poderia deixar de destacar aqui a menção acima de encontros de oficiais das Forças Armadas dos EUA com "visitantes extraterrestres"! Este blog já alertou há muito seus leitores sobre tal realidade.

22 outubro 2009

Papa renova apelos ecológicos


Bento XVI renovou hoje os seus apelos em favor da defesa do ambiente, defendendo que todos os cristãos têm obrigação de dar um “testemunho credível” nesta matéria.

Numa mensagem enviada ao Simpósio “Religião, Ciência e Ambiente”, promovido pelo Patriarca de Constantinopla (Ortodoxo), Bartolomeu I, o Papa diz que esta é uma causa que precisa da unidade das Igrejas e comunidades cristãs, chamadas a “colaborar de todas as formas possíveis para assegurar que a nossa terra possa conservar intactamente aquilo que Deus lhe deu: grandeza, beleza e generosidade”.

A mensagem papal foi lida na abertura dos trabalhos pelo arcebispo de Nova Orleães (EUA), D. Gregory Michael. A iniciativa tem como tema “Restabelecer o equilíbrio: o grande Rio Mississipi".

Depois do Árctico, as atenções de líderes religiosos, políticos e homens da ciência vira-se agora para uma região que foi duramente atingida em 2005 pela passagem do furacão “Katrina”.

Para o Papa, a solução das crises ecológicas do nosso tempo passa por profundas mudanças “da parte dos nossos contemporâneos”.

Neste sentido, mostrou-se plenamente de acordo com Bartolomeu I – conhecido como o “Patriarca verde” nas redes sociais, em função do seu compromisso ecológico – quanto ao facto de estarmos na presença de questões “de natureza essencialmente ética”.

O cuidado e a protecção do meio ambiente, acrescenta Bento XVI, implicam a resolução de “problemas urgentes”, que se referem a “importantes questões políticas, económicas, técnicas e científicas”.

Citando a sua última encíclica, Caritas in veritate, o Papa recordou que a natureza é “uma prioridade para todos”.

Bento XVI não deixou de aludir aos acontecimentos de Agosto de 2005, assegurando que “os meus pensamentos e as minhas orações estão com todos os que experimentaram sofrimento, privação e mudança forçada, especialmente os pobres, e com quantos se empenharam no trabalho paciente de reconstrução e renovação”.

O Papa observou ainda que “os grandes sistemas fluviais de cada Continente estão hoje expostos a sérias ameaças, muitas vezes como resultado de actividades e decisões do homem”.

Sobre esta matéria, Bartolomeu I disse quetodos temos a nossa responsabilidade” e que “cada decisão, pessoal e colectiva, determina o futuro do planeta”.

Para o Patriarca Ecuménico de Constatinopla, a humanidade chegou ao ponto em que “se atingiram os limites absolutos para a nossa sobrevivência”.

Fonte Agência Ecclesia

20 outubro 2009

Palestras Sobre Entretenimento e Mídia


Cinema, Televisão, Filmes e Internet são alguns dos assuntos abordados nesta série de palestras, todo o conteúdo é abordado em um análise histórica, bíblica e nos livros de Ellen White. Repasse para quantos puder.

Observação: Esta série de palestras foi me repassada pelo Pr. Carlos Alberto Júnior, Pastor do Distrito de Miranda do Norte, Missão Maranhense, e solicitou que eu repasse o mesmo, mas não me informou o autor(a) da palestra, por este motivo, peço desculpas ao autor(a). Caso alguém conheça a autoria, solicito que me informe para que eu possa fazer justiça ao mesmo.

Clique aqui para fazer o download.

Resta Uma Esperança

Espiões norte-americanos querem acompanhar você na Web


A In-Q-Tel, braço de investimentos da CIA, está investindo em uma empresa de software chamada “Visible Technologies” que monitora informações publicadas nas mídias sociais como blogs, resenhas em sites de venda, vídeos ou qualquer tipo atualização. Sites como o Twitter, Flickr, YouTube, o site de vendas Amazon.com, fóruns e conversas online estão na mira do software espião. Por enquanto o site de relacionamento Facebook não entrou na lista dos que serão espionados.

Segundo a In-Q-Tel, monitorar as redes sociais estrangeiras serviria para saber sobre as tendências de outros países. O programa espião poderá ser considerado invasor, pois acompanhará as atualizações de páginas de usuários comuns. A In-Q-Tel pretende melhorar a capacidade da Visible de compreender línguas estrangeiras. Ela já está capacitada em árabe, francês, espanhol e outras nove línguas estrangeiras.

Fonte Opinião e Notícia

Brown: mundo enfrentará catástrofe sem acordo climático


LONDRES - O primeiro-ministro britânico, Gordon Brown, advertiu hoje que o mundo enfrentará uma "catástrofe" se não houver ação para combater o aquecimento global. "Não podemos bancar o fracasso. Caso falhemos, pagaremos um preço pesado. Para o planeta, não há plano B." Em dezembro, haverá uma conferência na Dinamarca, apoiada pela Organização das Nações Unidas (ONU), para tentar se chegar a um acordo global sobre o clima. Recentemente, os Estados Unidos advertiram que o encontro pode não resultar em um pacto para substituir o Protocolo de Kyoto.

Durante um encontro de 17 grandes países desenvolvidos e em desenvolvimento, em Londres, Brown disse que os custos de fracassar na luta contra o aquecimento global seriam maiores que o impacto das duas Guerras Mundiais. Durante o Major Economies Forum (MEF), o primeiro-ministro afirmou que um acordo em Copenhague ainda é possível.

Brown pediu que os líderes mundiais trabalhem juntos para alcançar um acordo que estabeleça metas vinculantes aos países ricos para corte de emissões, e que os mais desenvolvidos financiem o auxílio aos países mais pobres, para que eles também cooperem com o combate ao aquecimento global. As informações são da Dow Jones.

Fonte O Estadão 

19 outubro 2009

Ben Bernanke faz alerta sobre desequilíbrios globais


O presidente do Federal Reserve (Fed, o Banco Central americano), Ben Bernanke, mostrou preocupação nesta segunda-feira (19) com desequilíbrios na economia mundial.

Durante discurso em Santa Barbara, Califórnia (oeste dos EUA), ele afirmou que a política dos países asiáticos para o fortalecimento das exportações pode provocar o reagravamento dos desequilíbrios no comércio e no fluxo de capitais, o que para alguns ajudou a alimentar a bolha imobiliária norte-americana, fonte da recente crise econômica mundial.

- Para alcançar um crescimento econômico mais equilibrado e duradouro, e para reduzir os riscos de uma instabilidade financeira, precisamos evitar os desequilíbrios insustentáveis e crescentes no comércio e no fluxo de capitais [circulação de dinheiro entre os países, seja por meio de empréstimos, investimentos no setor produtivo ou de aplicações no mercado financeiro].

Segundo o presidente do Fed, os desequilíbrios diminuíram após a crise, mas com a recuperação econômica e a retomada do comércio entre os países esses desequilíbrios podem voltar a crescer.

Bernanke afirmou ainda que a maioria das economias da Ásia deve adotar medidas para aumentar sua demanda interna e fez um apelo aos líderes mundiais para que resistam “firmemente” ao protecionismo – sistema de proteção à indústria nacional que inclui principalmente a criação de taxas para entrada de produtos importados – e à imposição de barreiras aos fluxos de capitais.

Fonte Alagoas em Tempo Real

Espione seu Vizinho


Espionagem amadora lucrativa

Está voltando a Idade Média. Naqueles tempos, delatar alguém para a Inquisição rendia dinheiro, o delator podia ficar com boa parte dos bens de quem delatou. E esta pessoa nem ficava sabendo quem a delatou.

Hoje, na Inglaterra uma empresa de segurança está com um projeto curioso, chamado Internet Eyes (olhos pela Internet). Serão recrutados cidadãos entediados, que não tem nada a fazer, para de suas casas monitorarem câmeras de segurança e denunciarem crimes. Essas pessoas monitorarão 4 câmeras simultaneamente. É um tipo de Big Broder real. E ainda ganham pago para fazer isso. Podem ganhar por produtividade, conforme os crimes que identificarem, e não saberão onde estão as câmeras, que são trocadas a cada dez minutos.

Os empreendedores acreditam ser esta uma forma de melhorar a segurança. Ninguém lembra da necessidade de educação, e sim, do controle. Essa é na verdade uma forma de incentivo a espionagem amadora com fins de ganho. Agora imagine como vai ser esse esquema por volta do decreto dominical, ou para descobrir o que é feito no sábado e no domingo...

Fonte: http://hypescience.com/22457-espione-seus-vizinhos/
2009-10-13

Fonte Cristo Voltará

16 outubro 2009

Caritas Internacional apresenta relatório sobre nova ética climática


ROMA, 14 Out. 09 / 12:08 am (ACI).- Caritas Internationalis emitiu um relatório titulado "Justiça climática: Em busca de uma nova ética global", que propõe um novo enfoque ante o problema da mudança climática que afeta numerosas comunidades pobres dos 200 países nos que trabalha a entidade.

Conforme assinala Caritas, o relatório se realiza ante a próxima cúpula climática de Copenhague que se realizará em dezembro, e exorta aos governos para que "adotem um verdadeiro acordo vinculante, com o fim de reduzir as emissões de gases de efeito estufa e incrementar a ajuda financeira e tecnológica aos países pobres, com o objetivo de que possam adaptar-se a condições climáticas mais rigorosas".

"Além de Copenhague, o relatório quer fomentar uma mudança radical em nossos estilos de vida cotidiana, que será fundamental para combater a mudança climática", acrescenta.

Para o presidente da Caritas Internationalis, Cardeal Oscar Andrés Rodríguez Maradiaga, o relatório "expõe uns argumentos morais claros que se apóiam na Bíblia e a Doutrina Social Católica, com o fim de superar limitados interesses pessoais e nacionais em favor do bem comum, para poder orientar a ação política e social".

Dentro dos temas que abrange o relatório se encontram: o sofrimento que vivem as pessoas como conseqüência das inclemências do tempo; argumentos teológicos, morais e éticos, vinculados à mudança climática; como se tratam os devastadores efeitos da mudança climática; entre outros.


Fonte ACI Digital

Identidade unificada deve valer daqui a um ano


Com a medida, a população passará a ter apenas um número para o CPF, RG, passaporte, e carteira de motorista (CNH) e de trabalho (CTPS).

A lei foi sancionada na última terça-feira, 13, pelo presidente Lula. A previsão é que os procedimentos necessários para a unificação do registro civil sejam definidos no prazo de seis meses. Objetivo do projeto é evitar fraudes e aperfeiçoar a identidade civil brasileira.

A nova carteira de identidade também passará a conter o tipo e o fator sanguíneo do titular, que poderá solicitar a inclusão de um carimbo que comprove uma eventual deficiência física.

Fonte Opinião e Notícia

Diálogo entre católicos e protestantes entra em nova fase


Afirma o cardeal Kasper, ao apresentar um livro sobre os 40 anos de diálogo

Por Patricia Navas

CIDADE DO VATICANO, quinta-feira, 15 de outubro de 2009 (ZENIT.org).- O diálogo oficial entre a Igreja Católica e as comunidades protestantes históricas - anglicana, luterana, reformada e metodista - está entrando em uma nova fase, após fechar a primeira etapa, que percorre os últimos 40 anos, do final do Concílio Vaticano II até hoje.

Assim indicou o presidente do Conselho Pontifício para a Promoção da Unidade dos Cristãos, cardeal Walter Kasper, ao apresentar hoje, na Sala de Imprensa da Santa Sé, um livro que reúne os resultados desse diálogo.

"Com este livro, nós nos encontramos no fim de uma primeira etapa, repleta de frutos e, ao mesmo tempo, estamos entrando em uma nova fase, que desejamos que seja tão frutífera como a anterior, e que nela possam ser resolvidos os difíceis problemas que estão pendentes", declarou.

O livro, preparado pelo Conselho Pontifício para a Promoção da Unidade dos Cristãos em colaboração com as comunidades protestantes, intitula-se Harvesting the Fruits. Basic Aspects of Christian Faith in Ecumenical Dialogue (Recolhendo os frutos. Aspectos básicos da fé cristã no diálogo ecumênico).

O Conselho analisou, durante 2 anos, o diálogo com as principais comunidades protestantes, porque estas foram as primeiras em estabelecer um diálogo oficial com a Igreja Católica após o concílio.

Conquistas

Segundo o cardeal Kasper, agora é o momento de fazer um balanço da situação do diálogo. E acrescentou: "Nós mesmos estamos gratamente surpresos por tudo o que foi alcançado nestes anos".

Com relação aos frutos do diálogo, aos quais se refere o título do livro, o cardeal Kasper indicou que "se trata de uma colheita verdadeiramente muito rica, que supera as numerosas polêmicas e grandes problemas históricos da Reforma".

"Isso - prosseguiu - pode representar uma clara resposta a opiniões que estão sendo difundidas, às vezes também na Cúria Romana, ou à injustificada acusação de que o ecumenismo com as autoridades protestantes não havia colhido frutos até agora e tinha nos deixado com as mãos vazias."

"Não queremos que a riqueza dos resultados alcançados seja esquecida e que seja preciso começar novamente", afirmou.

"Comportamento ecumênico"

"Desejamos iniciar um processo de recepção destes ricos frutos no corpo da própria Igreja, para chegar a um novo tipo de comportamento ecumênico", revelou.

O cardeal Kasper indicou que, atualmente, no âmbito ecumênico, como em todos os demais, produzem-se rápidas mudanças no Ocidente.

Neste sentido, assinalou que, após o entusiasmo dos primeiros anos depois do concílio, hoje se experimenta certo cansaço no diálogo ecumênico.

"No entanto, a nova sobriedade instaurada pode ser também um sinal de maior maturidade - indicou. Provavelmente, o caminho ecumênico será mais longo do que parecia depois do Concílio."

O livro constata o que as comunidades eclesiais, em diálogo desde o concílio Vaticano II, mudaram ao longo desses 40 anos.

"Talvez nossos interlocutores já não sejam os mesmos, são mais diversificados do que os que encontramos durante e depois do concílio - explicou. Há fragmentações internas, novos problemas no campo da ética, problemas desconhecidos no passado."

E prosseguiu: "Também na Igreja Católica houve mudanças; às vezes, nossos documentos são difíceis de serem digeridos pelos nossos interlocutores".

"Com este livro, queremos fomentar um novo impulso - afirmou. Ilustrando os numerosos resultados positivos desses 40 anos, queremos mostrar que somos capazes de conseguir qualquer coisa se continuarmos comprometidos com o ecumenismo."

O volume destaca, pela primeira vez, os resultados dos 4 diálogos bilaterais com as 4 confissões protestantes, agrupados por temas, para permitir a comparação e uma visão mais clara do alcance das conquistas em 40 anos de diálogo.

O livro também dedica um espaço às áreas de convergência ecumênica, que poderiam ajudar no processo de recepção dos resultados nas diversas confissões.

Sobre os problemas por resolver, o cardeal explica: "Identificamos problemas na hermenêutica, na antropologia, na eclesiologia e também na compreensão da Eucaristia".

Simpósio em 2010

A Igreja Católica e as comunidades protestantes têm a intenção de organizar um simpósio, em fevereiro de 2010, no qual debaterão o futuro do ecumenismo ocidental, anunciou o cardeal.

O livro apresentado hoje no Vaticano servirá de base para as conversas do encontro.

Além do cardeal Kasper, na coletiva de imprensa interveio também Dom Mark Langham, oficial do Conselho e um dos principais colaboradores do purpurado na elaboração do livro.

Dom Langham destacou que o cardeal Kasper "quis dar a conhecer desta maneira o fruto de 40 anos de diálogo ecumênico a uma nova geração, que cresceu no pós-concílio e provavelmente não conhece a fundo o que se conseguiu".

Temas de diálogo

O oficial explicou que o livro se estrutura em 4 capítulos: "Fundamentos da nossa fé comum", "Salvação, justificação e santificação", "A Igreja" e "Batismo e Eucaristia".

Aplicando a metodologia do próprio diálogo ecumênico, o primeiro capítulo aborda as bases comuns a todas as partes em diálogo.

O segundo se ocupa de uma questão central para a Reforma - a salvação, a justificação e a santificação - na qual "se chegou a um acordo significativo, que constitui um marco nas relações ecumênicas", explicou Dom Langham.

No entanto, acrescentou, "restam ainda questões que requerem ulteriores esclarecimentos, como a que se refere à função da doutrina da justificação no seio da eclesiologia inteira".

O terceiro capítulo, o mais longo, examina a missão, autoridade e ministério da Igreja, partindo da maneira como estes aspectos estão apresentados nas declarações comuns cristãs nestes anos.

"Neste sentido, as polêmicas e mal-entendidos do século XVI foram reexaminados e, em parte, superados", disse o especialista, ainda que permaneçam os problemas em questões centrais, como "o que é" e "onde está" a Igreja.

Na opinião de Dom Langham, "isso demonstra que a relação entre os elementos espirituais e concretos que definem a Igreja deverá ser entendida de maneira mais profunda".

No quarto capítulo, fala-se, por exemplo, da controvérsia sobre a Eucaristia, presente durante a Reforma, sobre a qual, "graças a um intenso diálogo e sobretudo a uma renovada ênfase sobre a função do Espírito Santo, foi possível chegar a uma importante convergência", afirmou o oficial.

De qualquer forma, acrescentou, "deverão ser estudadas futuramente algumas questões sobre este sacramento, assim como o caráter de sacrifício da Missa, a presença real do Senhor na Eucaristia e o significado de ‘transubstanciação'".

No capítulo final, o cardeal Kasper aborda a síntese dos 4 diálogos e a importância de tudo que se conseguiu.

Fonte Zenit

15 outubro 2009

Um bilhão de famintos


ONU diz que a crise econômica e a falta de vontade política multiplicaram os subnutridos no planeta.

Uma combinação da crise alimentar e da desaceleração econômica global fez com que mais de 1 bilhão de pessoas, quase um sexto da população mundial, passasse fome em 2009, informou ontem a ONU (Organização das Nações Unidas).

O dado confirma a perspectiva pessimista divulgada anteriormente, com um saldo de cerca de 100 milhões de pessoas famintas a mais do que em 2008.

Segundo as organizações, o aumento no número de pessoas que passam fome não é resultado de problemas na produção agrícola, mas sim dos altos preços dos alimentos – particularmente em países em desenvolvimento –, menor renda e perda de empregos.

Mesmo antes da crise alimentar e da recessão econômica, o número de desnutridos cresceu por uma década, revertendo o progresso obtido nos anos 1980 e início dos 1990.

A FAO (Organização para a Agricultura e Alimentos da ONU) e o Programa Mundial para a Alimentação (WFP, na sigla em inglês) disseram que um total 1,02 bilhão de pessoas estão subnutridas em 2009, maior número em três décadas.

O relatório foi divulgado em Roma, às vésperas do Dia Mundial da Alimentação, amanhã. Trezentos especialistas estão reunidos em Roma, sede da FAO, para debater “Como alimentar o mundo em 2050”.

O relatório aponta que a maior parte das pessoas desnutridas se encontra na região Ásia-Pacífico (642 milhões), seguida da África Subsaariana (265 milhões), América Latina (53 milhões) e da região que compreende o Oriente Médio e o norte da África (42 milhões). Nos países desenvolvidos, 15 milhões de pessoas sofrem com a fome.

Em 2050, o mundo terá 9,1 bilhões de pessoas

A população mundial passará de 6,8 bilhões de pessoas hoje para 9,1 bilhões em 2050, segundo a ONU.

Em 2008, o WFP elevou para US$ 5 bilhões o necessário para alimentar os pobres _ desde 2006, os preços dos alimentos vêm aumentando. Até o momento, neste ano, a entidade recebeu US$ 2,9 bilhões e teve que reduzir a ração de alimentos em Bangladesh e no Quênia.

– Temos os meios econômicos e técnicos para fazer a fome desaparecer, o que falta é vontade política – disse o diretor-geral da FAO, Jacques Diouf, em Roma.

Fonte Diário Catarinense

14 outubro 2009

ENTREVISTA CONCEDIDA POR MICHELSON BORGES AO BLOG RESTA UMA ESPERANÇA


Michelson Borges, Jornalista (formado pela UFSC) e editor da Casa Publicadora Brasileira. É autor dos livros Nos Bastidores da Mídia, Por Que Creio, A História da Vida, entre outros. Mestrando em Teologia pelo Unasp, mantém o blog http://www.criacionismo.com.br/. Ele concedeu esta entrevista ao blog Resta Uma Esperança, onde fala sobre ECOmenismo, tema muito abordado em seu Site. Ele fala também sobre mídia, família, música, saúde e testemunho pessoal.

O PREPARO PARA OS ÚLTIMOS DIAS

Um tema interessante abordado em seu site é o ECOmenismo. Quais as novidades com respeito a esse tema?

Parece que a cada semana é veiculada uma nova notícia sobre esse assunto, com o objetivo de manter a tensão. Mas também há notícias divergentes, mas não tão repercutidas. Recentemente, li que o maior culpado pelo aquecimento pode não ser o ser humano. O maior pico no aquecimento global recente foi em 1998, e não agora, como a “mídia algoreana” faz parecer. Já existem propostas explícitas para fazer do domingo o dia de combate ao aquecimento e de preservação da Terra (Gaia). O Vaticano embarcou na “onda” e propôs que o primeiro dia da semana seja o dia da família, e que ninguém trabalhe nele. Não é preciso fazer muito esforço para ver a associação de todas essas coisas e em que isso vai dar. Qualquer dúvida é só ler O Grande Conflito, de Ellen White.

O poder exercido pela mídia sobre as pessoas é impressionante. O que você pode nos dizer sobre esse assunto em relação à igreja de Deus?

Em Romanos 12:2, Paulo nos admoesta a não nos amoldarmos aos padrões deste mundo, sob risco de não percebermos mais a vontade de Deus. Graças aos conteúdos insistentes da mídia (filmes, seriados, novelas e até mesmo jornais e internet), somos uma geração secularizada, hedonista e consumista. Tudo isso conspira contra nossa fé e contra o modelo de vida simples proposto por Jesus (“olhai os lírios do campo”, “buscai em primeiro lugar o reino de Deus”, etc.). Ainda que tenhamos bons “filtros” e saibamos escolher sabiamente os conteúdos midiáticos, não podemos nos esquecer de que o tempo é precioso. Podemos estar trocando o essencial pelo bom. Essencial é orar, ler a Bíblia, viver em família e testemunhar de Cristo. Se não cuidarmos de nossa vida espiritual e relacional, podemos nos tornar cristãos raquíticos.

Sabemos que o nosso inimigo deseja destruir a família, base para a verdadeira religião. Quais orientações você daria às famílias adventistas nesse sentido?

Temos tudo para ser as famílias mais felizes do mundo. Se marido e mulher buscarem a Deus juntos, Ele, que é a fonte do amor, fará com que ambos se amem numa dimensão muito mais profunda do que o mero sentimentalismo. Pense na vantagem do sábado, por exemplo. Como podemos nos abraçar e desejar “feliz sábado” no culto de pôr do sol se estamos “de mal”? O sábado ajuda a curar feridas emocionais e a fortalecer os laços familiares. E o culto familiar? Que bênção! Reunir os filhos a cada fim de dia para conversar, orar e ler a Bíblia deixará marcas profundas no caráter deles. O empenho do diabo é justamente no sentido de impedir que tomemos posse dessas bênçãos. Assim, antes que se pense em fazer o culto familiar, os filhos correm para o computador, o pai vai assistir TV e a mãe se ocupa com outros afazeres. Quando se dão conta, já é tarde, todos estão cansados e o dia terminou. Assim, dia após dia a vida vai passando. Em pouco tempo, os filhos vão embora e o que resta? Daqui a pouco, Jesus voltará, e como entregaremos a Ele nossa família?

Como o senhor analisa a modernização da música adventista e seu impacto sobre a igreja?

Não sou contra a “modernização” e a incorporação de elementos bons da cultura que nos rodeia. A contextualização da mensagem e dos usos e costumes é necessária para nos manter relevantes na sociedade em que estamos inseridos. Mas isso não deve ser desculpa para importarmos todo estilo musical que agrade aos nossos ouvidos. Aliás, quem disse que nossos gostos devem ser o critério adequado de escolha? Como sabemos, a música é um tremendo poder para o bem ou para o mal. Por isso, é necessário estudar a fundo esse assunto, a fim de termos certeza de que o louvor que estamos oferecendo a Deus é o melhor, dentro de nossas limitações. Há certos ritmos e instrumentos musicais que, mal usados, geram um descompasso entre a mensagem da letra e o efeito da música. Devemos tomar todo cuidado com isso. A música pode nos aproximar de Deus ou levar a mente para outros caminhos.

Os efeitos da música rock sobre o cérebro são comprovados pela ciência. Qual a sua opinião sobre esse assunto e como você aconselha aqueles que desejam manter uma vida espiritual dentro dos padrões divinos?

O rock é um bom exemplo do que eu falava há pouco. É o tipo de estilo musical que não casa com a adoração. A percussão excessiva ativa centros nervosos que têm mais relação com sexualidade e emoções exacerbadas. Tanto é assim que certos cultos usam a percussão para estimular o transe místico. A escolha da música que vamos executar na igreja e que vamos ouvir em nosso aparelho de som vai depender da nossa relação com Deus e do conhecimento que buscamos sobre o assunto. Quanto mais submetermos nossa vontade, nossos gostos ao Senhor, mais claramente o Espírito Santo nos indicará o estilo musical ideal para nosso deleite e para o louvor do Criador.

Ellen White afirma que é essencial uma reforma no regime alimentar, se realmente desejamos vencer as provações finais neste mundo. Como você analisa esse assunto em relação à igreja hoje?

Tem havido alguns progressos nessa área, até porque agora quem está pregando é o mundo. Alguns anos atrás, mesmo entre adventistas, os vegetarianos às vezes se sentiam meio “ets”. Hoje em dia, reportagens e pesquisas têm destacado os malefícios da dieta cárnea e as vantagens do vegetarianismo. Só não se convence quem não quer. O que precisamos entender (e aqui está nosso grande diferencial em relação a outras pessoas) é que nosso estilo de vida influencia nossa espiritualidade. Precisamos fazer tudo o que de nós depender para ter uma mente clara a fim de discernir os enganos dos últimos dias. Por isso mesmo, como vivemos no desfecho do grande conflito neste planeta, esse assunto de estilo de vida saudável se torna cada vez mais importante. Conforme escreveu Ellen White, “em nossos dias, o Senhor Se agradaria de que os que estão se preparando para a futura vida imortal seguissem o exemplo de Daniel e seus companheiros em buscar manter o corpo forte e a mente limpa. Quanto mais aprendemos a cuidar do nosso corpo, mais capazes seremos de escapar dos males que estão no mundo pela concupiscência” (Jesus Nosso Modelo, Meditações Diárias 14/10/2009).

É nítida a presença do mundanismo na igreja; o culto ao “eu” é algo crescente em nosso meio. Como devemos enfrentar essa situação?

Pelo bom exemplo. Acredito que quando as pessoas percebem que somos mais felizes pelo fato de levarmos uma vida simples, despojada e de comunhão com Deus, elas são atraídas pelo poder irresistível do evangelho prático. Devemos convencer pelo amor, amar as pessoas e procurar por todos os meios fazer com que vejam que Jesus está para voltar e quer que elas estejam prontas para recebê-Lo; e que, enquanto esperam, podem desfrutar da “vida abundante”, esperançosa, simples e de realização que Ele prometeu aos Seus seguidores.

Sabemos que o fim de todas as coisas se aproxima a passos largos, as profecias se tornam mais claras a cada dia. Como devemos encará-las e que conselho você dá àqueles que desejam estar de pé no último dia?

Para estar em pé no último dia devemos buscar essa experiência aqui e agora. Os 144 mil andarão com o Cordeiro porque andaram com Ele aqui na Terra. Enoque não teria sido transladado se não tivesse andado com Deus. Da mesma forma, somente seremos levados para o Céu se vivermos a atmosfera celestial desde já. Como isso é possível? É como diz aquela bela música dos Arautos do Rei: “O Céu e aqui, se tomo tempo pra louvar. O Céu é aqui, se me ajoelho para orar. O Céu é aqui, se aprendi a perdoar. O Céu é Jesus, pois onde Ele estiver, o Céu será ali.”

09 outubro 2009

TERIA DEUS CRIADO OS TAMBORES?


A questão do uso de tambores para adoração no templo é algo que tem levado muitos a buscarem uma posição bíblica quanto ao assunto. Mas esta busca deve ser feita com humildade, sem pensamentos pré-concebidos, pois caso isso não ocorra, corremos o risco de sermos enganados pelo nosso “eu”.

Algumas pessoas, nesta busca pela verdade, chegaram a uma conclusão que pode ser descrita nos seguintes termos: Lúcifer, quando ainda estava no céu, usava tambores ali, os quais foram criados para ele pelo próprio Deus. Portanto, se isto for verdade, seu uso no culto de adoração não é apenas legítimo, mas altamente recomendável. Esta conclusão será o tema de análise deste artigo.

Antes de iniciarmos a análise da argumentação em si, leia esta mensagem do espírito de profecia:

“É plano de Deus dar suficiente evidência do caráter divino de Sua obra para convencer a todos quantos desejam sinceramente conhecer a verdade. Mas Ele nunca remove toda a oportunidade de dúvida. Todos quantos desejam pôr em dúvida e cavilar encontrarão ensejo.” Mensagens Escolhidas, vol. I, p. 72.

Todos quantos buscarem na Bíblia justificativa para suas idéias, encontrarão. Alguns usam a história de Raabe e das parteiras de Moisés para justificar que Deus aprova uma mentira se for para o bem, outros utilizam algumas declarações de Paulo para afirmar falsamente que o sábado e a lei foram abolidos. Outros utilizam as ordens dadas por Deus a muitos dos juízes e reis de Israel para matar homens, mulheres e crianças e afirmam que Deus é um ser cruel e sanguinário. Outros usam a parábola do rico e do Lázaro para justificar que existe vida após a morte. Muitas religiões, se utilizando de diversas passagens bíblicas, até hoje praticam a poligamia. Ainda tem aqueles que usam a ordem de Deus a Pedro para matar e comer animais imundos, para afirmar que Deus permitiu o consumo desses animais. Poderia citar várias outras passagens que são utilizadas para justificar muitas das mentiras de Satanás, mas acredito que estas, para aqueles que desejam encontrar a verdade sobre o uso dos tambores, já bastam.

Perguntas que surgem

Se Deus criou os tambores, por que eles não se encontram em nenhum dos versos que autorizam o uso de instrumentos musicais no Templo? Afinal, foi ele uma cópia do “verdadeiro Tabernáculo que o Senhor erigiu e não o homem”. O modelo do Templo é uma cópia do Santuário Celeste, onde são executados os louvores para adoração a Deus. Se Deus criou os tambores para Lúcifer dirigir o louvor no Santuário Celeste, por que não autorizou o uso em seu Templo Terrestre? Teria Deus mudado o sistema de adoração? Deus altera suas determinações a respeito de como devemos adorá-lo? (I Crônicas 25:3, II Crônicas 5:12, II Crônicas 20:28, II Crônicas 29:25, Êxodo 25:8, Hebreus 8:2, Malaquias 3:6).

Alguns podem argumentar sobre a existência de címbalos no templo, mas címbalos não são tambores, apesar de serem instrumentos de percussão, existem várias diferenças entre eles, principalmente na maneira como os címbalos eram utilizados. Sugiro a leitura do artigo O Uso da Percussão na Adoração à Luz da Bíblia de Levi de Paula Tavares, para uma melhor compreensão do assunto.

Então de onde surgiu esta idéia?

Este ponto de vista surgiu a partir da leitura do verso encontrado em Ezequiel 28:13, conforme a tradução Almeida Revista e Corrigida que diz:

“Estavas no Éden, jardim de Deus; toda a pedra preciosa era a tua cobertura, a sardônica, o topázio, o diamante, a turquesa, o ônix, o jaspe, a safira, o carbúnculo, a esmeralda e o ouro: a obra dos teus tambores e dos teus pífaros estava em ti; no dia em que foste criado, foram preparados.” Ezequiel 28:13.

Quero analisar junto com você o texto do Comentário Bíblico Adventista sobre o verso.

Tambores.


Plural de toph, pelo geral um tamborzinho de mão (t. III, p. 32). Alguns pensam que toph se refere aqui ao lugar em onde era engastada a gema.

Flautas.


Heb. néqeb, palavra obscura que talvez signifique "passagem subterrânea" ou "mina". Alguns pensam que esta palavra faz alusão à cavidade na qual se engastava a pedra. Se isto fosse assim, a passagem estaria falando da formosa cobertura na qual estavam engastadas as pedras preciosas. A Bíblia de Jerusalém traduz: "Em ouro estavam lavrados os engastes e pingentes que levavas", mas admite que se trata de uma "tradução duvidosa". Por outro lado, se o texto aqui fala de instrumentos musicais, isto corresponde com Lúcifer, que foi diretor dos coros do céu (1 SP 28-29).

Você pode ler o Comentário Bíblico Adventista em português clicando aqui.

Análise do Comentário Bíblico Adventista

O termo toph não está definido como tambores, o Comentário Bíblico Adventista coloca outra opção e não a desqualifica. Nós sabemos que em todas as línguas existem palavras com grafias iguais, mas com significados diferentes, chamadas de homônimos. Portanto, para não haver problemas de interpretação, deve se levar em consideração todo o contexto. Isto é coerência.

Quanto ao termo néqeb, ele não está definido como pífaros, pelo contrário, existem no mínimo três diferentes significados.

1. Passagem Subterrânea.
2. Cavidade onde de colocava a pedra.
3. Instrumento Musical.

Levando em conta a coerência no texto, seria bem mais aceitável a interpretação que toph e néqeb se referem a locais onde eram presas as pedras preciosas na vestimenta de Lúcifer, às quais todo o verso se refere.

De fato, a Nova Versão Internacional traz a seguinte versão para Ezequiel 28:13:

“Você estava no Éden, no jardim de Deus; todas as pedras preciosas o enfeitavam: sárdio, topázio e diamante, berilo, ônix e jaspe, safira, carbúnculo e esmeralda. Seus engastes e guarnições eram feitos de ouro; tudo foi preparado no dia em que você foi criado.”

Apesar do Comentário Bíblico Adventista não definir nada quanto ao assunto, mas apenas fazer algumas suposições, um dos comentários bíblico mais bem conceituado entre os eruditos, O Comentário Bíblico de Moody, considerado um dos maiores pregadores que já existiu, concorda com esta posição ao comentar Ezequiel 28: 13.

“De ouro se te fizeram os engastes e os ornamentos. O T.M. diz : e (de) ouro (era) o acabamento (me'lakâ) de seus tamborins (o contexto exige "engastes") e dos seus encaixes (penetrações, neqeb; provavelmente, "gravuras". Cons. Ac. e Ug.).”

Conclusão

Concluímos então que o livro de Ellen White citado no Comentário Bíblico Adventista ( 1 SP 28-29 – Spirit of Prophecy, vol. 1. Pág. 28-29), onde ela afirma ter sido Lúcifer diretor do coro celestial, foi uma revelação Divina, pois em nenhuma passagem da Bíblia isto é confirmado. O fato desta citação se encontrar ali é apenas para citar a fonte de onde foi tirada a idéia de ter sido Lúcifer diretor do coro celestial, mas não para comprovar a suposição levantada de que Deus teria criado os tambores para Lúcifer.

No mesmo livro Ellen White afirma que Lúcifer solicitou uma audiência com Cristo para pedir que fosse lhe concedido uma segunda chance. Assim como esta, muitas outras afirmações são feitas por ela em Spirit of Prophecy. Ela fez estas declarações por que tinha autoridade profética para isso. Ela tinha esta autoridade, mas nós não a possuímos.

É muito perigoso fazer qualquer declaração baseado em suposições. Portanto, o mais sensato é permanecer em silêncio diante de textos como este, logo por que não existe confirmação em nenhuma outra parte das Escrituras para corroborar essa idéia, fugindo, assim, da orientação bíblica em Eclesiastes 7:27 e Isaías 28:10.

Resta Uma Esperança

08 outubro 2009

FILOSOFIA DE MÚSICA ADVENTISTA


Palestra elaborado em PowerPoint pelo Pr. Aquino Bastos, Departamental de Jovem da União Norte Brasileira.

Um bom material para educar a igreja na escolha do tipo de música que deve ser utilizada para o louvor na Casa de Deus.

Clique aqui para download.

Tufão deixa dois mortos e paralisa transportes no Japão


TÓQUIO, Japão — Um forte tufão afetou o centro do Japão na manhã desta quinta-feira, deixando até o momento um balanço de dois mortos e pelo menos 50 feridos, provocando danos materiais e uma paralisia no sistema de transportes do país.

Com rajadas de vento de até 200 km/h, o tufão Melor atingiu o município de Aichi, na grande ilha de Honshu, provocando fortes chuvas. O fenômeno segue agora com destino ao nordeste da ilha.

Canais de TV exibiram imagens de pontes desabadas, tetos derrubados e árvores no chão sobre as estradas e ferrovias.

Procedente do Oceano Pacífico, o tufão perdeu um pouco de força ao atingir terra firme, mas permanece muito perigoso, advertiu Takeo Tanaka, da Agência Meteorológica Japonesa.

Mais de 300 voos, a maioria domésticos, foram cancelados, assim como dezenas de viagens de trem.

Mais de 50.000 casas estavam sem energia elétrica nos municípios de Mie, Gifu e na região de Tóquio.

Melor, que significa jasmim em malaio, é o último de uma série de tufões devastadores a atingir a Ásia nas últimas semana.

No fim de setembro, o tufão Ketsana matou quase 300 personas nas Filipinas e mais de 150 no Vietnã, além de provocar vítimas no Laos e em Camboja.

Fonte AFP

Novo terremoto afeta o Pacífico sul


PORTO-VILA, Vanuatu — Um forte terremoto de 7,0 graus foi registrado nesta quinta-feira perto do arquipélago de Vanuatu, no Pacífico Sul, poucas horas depois de três tremores, mas sem ameaça de tsunami, informaram o Centro de Estudos Geológicos dos Estados Unidos (USGS) e o Centro de Alertas de Tsunamis no Pacífico.

Às 22H00 GMT de quarta-feira (19H00 de Brasília) já haviam sido registrados três violentos terremotos, de magnitudes 7,8, 7,7 e 7,3, perto deste pequeno país do Pacífico Sul em um período de aproximadamente uma hora.

Durante as quatro horas seguintes aos tremores foram registradas várias réplicas que desencadearam um alerta de tsunami, enquanto milhares de habitantes das ilhas aterrorizados tentavam buscar refúgio em áreas altas.

Fonte AFP

07 outubro 2009

Temperatura sobe a 400ºC em região da Jordânia


O fenômeno foi descoberto por acaso quando ovelhas entraram no terreno enquanto estavam pastando

AMÃ - As autoridades jordanianas investigam a partir desta qaurta-feira, 7, o que motivou um repentino aumento da temperatura até 400ºC em um local próximo a Amã, informaram fontes oficiais.

O fenômeno ocorreu na terça-feira, 6, em uma área de quase dois mil metros quadrados na província de Balqa, 15 quilômetros ao oeste de Amã, segundo o governador dessa província, Abdul Khalil Sleimat.

"O fenômeno foi descoberto por acaso quando ovelhas entraram no terreno enquanto estavam pastando", disse o governador.

Sleimat contou que, de acordo com os pastores que cuidavam das ovelhas, os animais "foram completamente queimados e desapareceram".

As autoridades isolaram a área e retiraram os moradores do local, acrescentou o governador.

O Governo jordaniano deixou a investigação do fenômeno a cargo de um painel formado por diversos departamentos e instituições acadêmicas.

O chefe da associação jordaniana de geólogos, Bahjat Adwan, descartou a presença de qualquer atividade sísmica ou vulcânica na área.

O diretor do Conselho de Recursos Naturais da Jordânia, Maher Hijazin, informou que certos materiais orgânicos podem ter se juntado e reagido sob a superfície, gerando o inusitado aumento de temperatura.

Hijazin também destacou que há uma rede de água e esgoto que lança seus resíduos na região

Fonte O Estadão

Aquecimento global pode aumentar temperatura da Amazônia em 10 graus

Um novo estudo do Departamento de Meteorologia Britânico prevê o aumento da temperatura do planeta em até quatro graus. Esta elevação pode atingir principalmente regiões como a Amazônia, onde a temperatura poderá aumentar em até dez graus.


A previsão é de que o cenário se torne realidade no ano de 2060, quarenta anos antes do anunciado pelo Painel Governamental para Mudanças Climáticas.

UE "preocupada" com negociações sobre aquecimento global Para o pesquisador do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), José Antônio Marengo, o ser humano tem condições de se adaptar às mudanças, mas a biodiversidade, não.

"A biodiversidade não tem essa capacidade de se adaptar tão radicalmente como o ser humano. Basicamente a floresta poderia sumir e ser substituída por outra vegetação. Mudando a vegetação, muda o clima. E o clima da Amazônia regula o clima de outra regiões da América do Sul e do mundo, o que faria um efeito dominó."

Segundo o pesquisador, não se pode reverter o cenário previsto, mas é possível adiar o aumento da temperatura.

"A ideia é reduzir as emissões o máximo possível. No caso do Brasil, a maior emissão do efeito estufa é pelo desmatamento. Então a ideia é reduzir o desmatamento."

A mudança climática do planeta é um fenômeno natural, mas que está sendo acelerado pelo ser humano. A queima de combustível fóssil, resultante dos carros e das indústrias, e a queima de biomassa, consequência do desmatamento, é o que mais tem causado o aquecimento global.

O pesquisador ressalta ainda que o aumento da temperatura da Amazônia poderá comprometer a produção de soja em 40% e a perda de energia elétrica em até 8%.

Fonte Correio Braziliense

Japão se prepara para chegada de tufão


TÓQUIO - O Japão prevê a chegada de um dos mais fortes tufões dos últimos anos. O Melor deve chegar amanhã à ilha de Honshu, a maior do arquipélago japonês. Será o primeiro a passar pela nação desde 2007. Temporais e ventos já interrompem o fornecimento de energia elétrica para milhares de pessoas e derrubaram telhados em construções nas ilhas do sul do país.

"Nós estamos emitindo advertências de tempestades e fortes ondas, pois o tufão é visto como o mais forte da última década", afirmou Shinichi Nakatsukasa, da Agência Meteorológica local. O fenômeno traz ventos de 216 quilômetros por hora, movendo-se até fim desta quarta-feira (hora local) em direção a Shikoku, uma das quatro maiores ilhas japonesas, segundo a agência.

O tufão deve chegar amanhã ao oeste do país antes do amanhecer e deve se dirigir para a densamente povoada ilha de Honshu, coração industrial da nação asiática. A Toyota suspende a produção em 12 de suas plantas no país, enquanto operadores de trens no oeste afirmaram que cancelariam alguns dos serviços dos trens especiais expressos.

A tempestade pode lançar 500 milímetros de chuva torrencial no sudoeste do Japão em apenas 24 horas, informou a agência meteorológica. O Melor pode atingir o arquipélago em um curso similar a um tufão de 1959 que deixou milhares de mortos. Desde então, houve muitos esforços para fortalecer as casas e equipar as áreas costeiras com barragens.

Sul

Um total de 10.600 residências estavam hoje sem eletricidade nas ilhas do sul japonês, segundo empresas locais do setor. Não havia registros de feridos nesta área. Mais de 200 voos não puderam partir em razão dos fortes ventos no oeste do país, afetando 15 mil passageiros. A maioria dos serviços de ferry também foram suspensos na região. Um surfista de 46 anos se afogou em Kanagawa, a sudoeste de Tóquio. A polícia ainda investiga se ele morreu por causa das fortes ondas. As informações são da Dow Jones.

Fonte O Estadão

Mudança climática agrava riscos humanitários, diz ONG



Os desastres naturais da última semana na Ásia salientam os crescentes impactos humanitários do aquecimento global e a necessidade urgente de um acordo climático ambicioso em nível global, disse uma ONG de ajuda humanitária e ao desenvolvimento na terça-feira. Falando paralelamente às negociações climáticas que ocorrem em Bangcoc, a entidade World Vision disse que as inundações na Índia e um tufão nas Filipinas atingiram principalmente os pobres, que devem sofrer mais com a falta de ação dos países ricos no combate à mudança climática.
Nações em desenvolvimento e grupos humanitários têm defendido que os países ricos assumam a liderança no sentido de minimizar as piores consequências da mudança climática, como inundações, secas, degelo de geleiras e elevação do nível dos mares. "A vinculação entre o impacto humanitário e a mudança climática está bem à nossa porta aqui na Ásia", disse em entrevista coletiva Richard Rumsey, diretor de redução de riscos por desastres e recuperação comunitária da ONG.

"Estes não são apenas desastres normais, isso se soma a desastres existentes. Em toda a Ásia, vocês têm visto outras crises, vocês têm visto terremotos e tsunamis," afirmou. Enchentes provocadas por fortes chuvas no sul da Índia na semana passada mataram cerca de 250 pessoas e deixaram 2,5 milhões de desabrigados. Um tufão nas Filipinas matou 22 pessoas.

Rumsey disse que os recursos dos grupos humanitários estão sendo sobrecarregados com a necessidade de fornecer alívio imediato a tantos desastres, além de ajudar os países em desenvolvimento a buscarem soluções de longo prazo para enfrentar a mudança climática. A World Vision, por exemplo, está ajudando comunidades das Filipinas a plantarem manguezais para fortalecer as defesas costeiras, ao mesmo tempo em que isso absorve carbono da atmosfera.

Mas o grupo pediu mais ação das nações desenvolvidas, acusadas por críticos de não se empenharem na redução das emissões de gases do efeito estufa e de não fornecerem ajuda financeira e tecnológica suficientes para que os países mais pobres lidem com a mudança climática. "Não parece ter caído a ficha para alguns negociadores que estamos enfrentando uma emergência humanitária global", disse Brett Parris, economista-chefe e diretor de políticas para a mudança climática da World Vision.

"Muitos estão tratando isso efetivamente como uma negociação comercial, disputando vantagens econômicas. Não é a situação em que estamos. Estamos enfrentando uma emergência humanitária global que exige um financiamento sério e metas sérias."

Fonte Terra

06 outubro 2009

AS CRISES QUE AFETAM O MUNDO E A LEI DOMINICAL - O QUE ELAS TÊM EM COMUM?


Crise Econômica – Esta crise chegou ao seu clímax em setembro de 2008 com a queda do Banco Lehman Brothers e se espalhou para o mundo, provocou a falência de diversas empresas e bancos que, aparentemente, estavam estáveis. Mais o pior não ficou aí; depois da crise veio a recessão e o desemprego que ainda atinge um grande número de pessoas no mundo e, apesar dos sinais de melhora, ainda não estamos totalmente seguros.

Crise do Terrorismo – O terrorismo é algo muito antigo, mas chegou ao um ponto estarrecedor no dia 11 de setembro de 2001, no ataque ao World Trade Center, NY. Desde então se iniciou uma guerra contra as organizações terroristas. Esta guerra levou os países a tirar a privacidade das pessoas, uma ameaça a liberdade individual e religiosa. Os governos afirmam que foi necessário um maior controle sobre a população para combater esta ameaça (terrorismo). Foram criados departamentos e órgãos de vigilância; tudo está sendo monitorado. Nossa casa, nosso trabalho, nosso telefone, nossa vida, tudo está sob o controle do governo. A RIC, que já foi implantada em outros países, será o nosso novo documento de identidade. Este novo documento unificará todos os outros e já está no congresso brasileiro para aprovação.

Crise da Falta de Alimentos – O número de pessoas no mundo que enfrentam estado de desnutrição devido a falta de alimentos, já ultrapassa 1 bilhão de acordo com os dados divulgados pela FAO, órgão da ONU para combater a fome no mundo. Isto é assustador, principalmente por que este número tende a aumentar. O mundo não está conseguindo produzir e nem distribuir de maneira proporcional os alimentos, isto causa certo desequilíbrio, pois enquanto em alguns lugares existe o desperdício, em outros há necessidade. Por este motivo foi feito um acordo internacional onde os países devem realizar a Segurança Alimentar, que consiste em fazer uma melhor distribuição dos alimentos produzidos.

Crise da Falta de Água Potável – Outro problema assustador. A crise da falta de água potável é semelhante à da falta de alimentos, porém, a água é um recurso natural e não pode ser produzida, dependemos da natureza para isso, e a natureza não produz água de acordo com o número da população. A sua falta é eminente, as reservas estão se esgotando e não podemos fazer nada, por isso o controle sobre a distribuição e consumo da água é algo que se torna necessário para evitar um colapso.

Crise Climática – Esta tem sido instrumento de vários cientistas e órgãos da ONU para implantar o medo na população. É inegável que tem aumentado assustadoramente os desastres naturais; o número de ciclones, furacões, tornados, enchentes, incêndios e o aumento do nível dos oceanos são alguns dos resultados causados pelo aumento da temperatura em nosso planeta, algo que temos sentido na pele, literalmente. Tudo isso é atribuído ao aquecimento global. As previsões são assustadoras, algumas chegam até a prever o início da extinção do ser humano a partir do ano 2050. Tudo isso tem preocupado os líderes mundiais. As instituições religiosas e organizações mundiais como a Igreja Católica e a ONU, têm feito inúmeros esforços no sentido de pressionar os países responsáveis pela emissão de CO2, o principal gás causador do efeito estufa, a tomarem medidas que venham combater esta ameaça.

OS SEUS IMPACTOS NA VIDA DO FIEL SERVO DE DEUS

Uma Nova Ordem Mundial

A crise econômica já rendeu vários apelos a uma Nova Ordem Mundial; veja esta declaração de Gordon Brown, primeiro ministro da Inglaterra:

“A aliança entre o Reino Unido e os Estados Unidos, e de uma forma mais alargada entre a Europa e os Estados Unidos, pode e deve marcar uma nova liderança, de forma a dirigir os esforços globais para a construção de uma nova ordem mundial mais justa, mais segura e mais forte”. [1]

Bento XVI também fez o apelo em sua nova Encíclica, leia:

“Em resposta à crise financeira, o Papa Bento XVI pediu a formação de uma ‘Autoridade Política Mundial’. Esta nova ‘Autoridade’ deverá impor políticas globais nas áreas da economia, ambiente e emigração de forma a contribuir para a construção de uma nova ‘ordem social’ que esteja ‘de acordo com a ordem moral.’ Este pedido é feito na Encíclica Papal que acaba de ser publicada, intitulada Caritas in Veritate – ‘Amor na Verdade’.” [2]

Esta nova ordem deverá impor maior controle sobre o sistema financeiro mundial, o capital sofrerá maiores restrições e controle, as palavras do presidente Lula refletem bem esta nova visão.

“Refiro-me à absurda doutrina de que os mercados podem se regular a si mesmos, sem a necessidade de uma intervenção estatal supostamente intrusiva, e a tese de liberdade absoluta para o capital financeiro sem regras de transparência e além do controle dos povos e das instituições". [3]

Controlando o sistema financeiro mundial terá sido dado início ao controle global, tão desejado pelas sociedades secretas.

Uma nova ordem mundial deve contar com um número maior de países com poder econômico para demonstrar força e decidir o destino da humanidade. Isto é necessário para ampliar o poder sobre as nações mais pobres. Quem possuir poder econômico terá o poder sobre o mundo. Algo que é defendido pelo presidente francês, Nicolas Sarkozy, é a ampliação do G8, grupo dos 7 países mais ricos do mundo mais a Rússia, veja esta declaração:

“Mas isso significa que o G8 está condenado a desaparecer? Segundo o presidente francês Nicolas Sarkozy, sim, a julgar por seu anúncio de que, em 2011, sob a presidência francesa, será concluída a transformação do G8 em G14. Mas, para outros países, as reuniões do G8, mesmo que à margem de um G14, continuam sendo necessárias para falar de finanças.” [4]

O poder de decisão ficará com os países ricos, e o líder deles serão os EUA.

Controle Global

A crise financeira deu origem ao controle sobre o sistema econômico (bancos e instituições financeiras) e o terrorismo ao controle sobre as pessoas.

Após o 11 de setembro foram feitas diversas alterações na constituição americana. O direito à privacidade foi duramente atacado. As ligações telefônicas são monitoradas pela Agência de Segurança Nacional. Nos aeroportos a fiscalização é ferrenha; qualquer pessoa que entre nos EUA e que possua em sua bagagem livros ou qualquer outro material suspeito são detidos e duramente interrogados. Leia estas reportagens:

“É um sinal dos tempos o acróstico (1) nacionalista de nossos irmãos do norte, parido 45 dias após os atentados contra o Pentágono, as Torres Gêmeas e o edifício 7 (2) do World Trade Center, em 11 de setembro de 2001, vindo a ampliar o poder repressivo estatal e o nível de atuação de agências nacionais e internacionais de segurança e inteligência, conferindo-lhes poderes até então inéditos (3), eliminando diferenças entre órgãos de segurança nacional, de espionagem interna e a polícia (4), ampliando o conceito de terrorismo em desfavor dos direitos fundamentais e, marcando o surgimento de um “novo” inimigo do Estado (5), a figura do terrorista internacional. Diante do choque entre o direito à segurança nacional e as liberdades civis, trazemos a memorável consideração de Benjamin Franklin, que nos serve de guia: “Aqueles que abrem mão da liberdade essencial por um pouco de segurança temporária não merecem nem liberdade nem segurança.” [5]

“O que têm em comum uma freira católica, um piloto de avião e Cat Stevens? Nada, a não ser pelo fato de estarem entre os mais de um milhão de nomes que fazem parte da lista de vigilância antiterrorista formulada pelas autoridades norte-americanas.

“Esta lista, que supostamente contém os nomes dos terroristas ou pessoas suspeitas de estarem ligadas ao terrorismo, cresceu consideravelmente desde o 11 de setembro de 2001 e impede que pessoas que, a princípio, apresentam uma conduta correta embarquem em um avião, segundo a Associação norte-americana pelas Liberdades Civis (ACLU).” [6]

Para completar o controle

As crises da falta de alimentos e da água potável irão contribuir para o controle mundial sobre a população. Como existe abundância em algumas partes do mundo e falta em outras, tem sido sugerido por algumas organizações que haja um controle maior no acesso aos alimentos, leia isto:

“A atual crise alimentar marca o fim de uma época e indica a necessidade de alterar os padrões culturais e mudar a forma de consumir, sugere a agrônoma Cristina Amaral, coordenadora do grupo da FAO (agência da ONU para Agricultura e Alimentos) criado em dezembro para lidar com a crise...

"Existe um grande desequilíbrio entre o que se produz e o que consumimos. Uma parte importante do mundo desperdiça demais os alimentos e precisa mudar de atitude" [7]

Isso significa que todos devem comprar somente o que podem consumir, para que assim a alimentação possa chegar à mesa dos mais pobres. O mesmo acontecerá com a água.

“Segurança Alimentar e Nutricional – SAN é a realização do direito de todos ao acesso regular e permanente a alimentos de qualidade, em quantidade suficiente, sem comprometer o acesso a outras necessidades essenciais, tendo como base práticas alimentares promotoras de saúde, que respeitem a diversidade cultural e que sejam social, econômica e ambientalmente sustentáveis... O direito à alimentação é parte dos direitos fundamentais da humanidade, definidos por pacto mundial...” [8]

O Último Golpe

Com todas estas crises, ainda faltava um motivo para impor o controle completo, foi então que surgiu o Aquecimento Global.

O mundo está passando por sérias mudanças climáticas, isto é inegável. Os desastres naturais se tornam cada vez mais frequentes. Estes acontecimentos têm impressionado as nações mundiais, principalmente pelo clima de sensacionalismo que o envolve. As previsões são desastrosas, e isto tem sido transferido para a população, causando um estado de preocupação generalizada. Veja estas declarações:

“A comunidade internacional foi advertida, na abertura da conferência sobre alterações climáticas, em Poznan, na Polónia, de que dispõe de um ano para salvar o Planeta de um aquecimento fatal.” [9]

“2009 pode ser o primeiro ano do resto de nossas vidas. Com a reunião da ONU sobre clima em Copenhagen no horizonte, o mundo está diante de seu maior desafio: estabilizar as emissões globais de CO2 em 2015 e construir uma economia de carbono zero até 2050.

“O ritmo acelerado das mudanças climáticas não nos deixa muitas opções para salvar o planeta: é agora ou agora.” [10]

Portanto, as nações precisam tomar decisões importantes para diminuir as emissões de CO2, principal causador do efeito estufa. Para tanto, têm surgido diversas alternativas; entre elas está a idéia de parar em dia da semana todas as atividades. Veja esta declaração:

“Uma coisa que podemos facilmente fazer para alcançar esse objetivo: podemos declarar o domingo um dia livre de combustível fóssil ou um dia de baixo carbono ou, pelo menos, um dia de economia de energia. Podemos começar nesta semana, neste mês ou em 2010. Podemos começar individualmente e coletivamente. A longa viagem para reduzir as emissões de dióxido de carbono pode começar aqui e agora. Há não muito tempo, o domingo era usado para ser um dia de descanso, um dia de renovação espiritual, um dia para as famílias se reunirem, mas mudamos o domingo de um dia de descanso para um dia de compras, voos e direção de carros. No entanto, no contexto das emissões excessivas de dióxido de carbono na atmosfera, que estão trazendo transformações catastróficas, podemos e devemos restaurar o domingo para ser um dia de Gaia, um dia para a Terra.” [11]

Com este propósito já existe o dia sem automóvel, a hora da terra, o dia sem carne. Esta opção é defendida por Bento XVI e não encontrará oposição entre as religiões protestantes.

“‘Numa época em que, por causa das intervenções humanas, a criação parece exposta a múltiplos perigos, é necessário reencontrar o sentido do domingo que comemora a criação do mundo por Deus’, afirmou o Papa, citado pela AFP.” [12]

DEDUÇÃO LÓGICA

A crise econômica deu origem a um controle financeiro. A crise do terror deu origem a um controle das pessoas. A crise da falta de alimentos e da água potável deu origem a um controle sobre os alimentos e sobre a água. A crise climática sugere como solução simples um dia de descanso semanal para diminuir as emissões de CO2.

Cada desastre natural é utilizado para alarmar mais a população e levar os cientistas defensores da tese do clima a levantar dados que preveem situações catastróficas no futuro não muito distante.

Assim fica fácil deduzir. Vejamos:

Quem não estiver de acordo para separar um dia na semana (DOMINGO) para proteger o meio ambiente (Crise Climática) não terá acesso aos bancos e, consequentemente, ao dinheiro (Controle Financeiro), também não poderá comprar alimentos e nem poderá usufruir da água potável (Controle sobre os alimentos e sobre a água potável). O objetivo é coagir e obrigar a todos os povos, famílias, pessoas a obedecerem, pois ninguém conseguirá viver sem comida e sem água. Mas os fiéis não sucumbirão diante das ameaças.

Acontecerá conforme a profecia: “E faz que a todos, pequenos e grandes, ricos e pobres, livres e servos, lhes seja posto um sinal na sua mão direita, ou nas suas testas; Para que ninguém possa comprar, ou vender, senão aquele que tiver o sinal, ou o nome da besta, ou o número do seu nome.” Apocalipse 13: 16-17.

Mas como saber se as pessoas estarão guardando o domingo ou não? Simples. A crise do terror deu origem a que mesmo? Controle das pessoas. Todos nós seremos vigiados 24 horas por dia, 7 dias por semana. Para isto os satélites já estão em órbita e o Google já tem o poder tecnológico para fazer essa vigilância e Obama já entrou em acordo com eles.

“O Google lançou um novo aplicativo, o Google Latitude, que permite aos usuários localizar fisicamente, através do celular, seus contatos que também estejam registrados nesse serviço, informou a empresa em seu blog oficial.” [13]

“Um espectro ronda o mundo: o relacionamento cada vez mais próximo do Google com o futuro presidente dos Estados Unidos, Barack Obama. Isso só pode acabar mal. Quando uma empresa começa a se envolver diretamente na política, quem paga o pato somos nós. Sempre.” [14]

E todos que forem contra o domingo como dia de descanso, sejam por questões religiosas ou não, serão declarados fundamentalistas religiosos e terroristas, e não terão direito à conta bancária, não poderão comprar e nem a vender, o alimento será proibido e a água potável também, este será o castigo a princípio, e se continuarem em “desobediência” serão presos e forçados a guardarem o domingo. O fiel servo de Deus não será contra a proteção do meio ambiente, mas contra o domingo para esse propósito, na verdade ele será defensor do meio ambiente, guardando o sábado para adoração e proteção ao planeta, obedecendo, assim, aos mandamentos de Deus. (Êx. 20: 8-11, Ap. 12:17, 14: 6-12). Por este movito eles, os fiéis, têm a promessa de Deus proferida por Isaías: “Este habitará nas alturas; as fortalezas das rochas serão o seu alto refúgio, o seu pão lhe será dado, as suas águas serão certas.” Isaías 33: 16.

Apesar de todas estas mudanças, os desastres não irão parar, pelo contrário, irão aumentar, os juízos de Deus cairão sobre o mundo por que pisaram em Sua Lei quebrando os Seus Mandamentos e seguiram o dragão, a besta e o falso profeta. Apocalipse 16 fala sobre isso. Ellen White comentando sobre o assunto diz:

“Quando o anjo da misericórdia dobrar as asas e for embora, Satanás fará os maus atos que por muito tempo tem desejado realizar. Tormentas e tempestades, guerras e derramamento de sangue - ele se deleita nessas coisas, efetuando assim a sua colheita. E tão completamente serão os homens enganados por ele, que declararão que essas calamidades constituem o resultado da profanação do primeiro dia da semana. Dos púlpitos das igrejas populares será ouvida a declaração de que o mundo está sendo punido porque o domingo não é honrado como deveria.” Review and Herald, 17 de setembro de 1901. Reproduzido em EF, p. 256.

“Vi que os quatro anjos segurariam os quatro ventos até que a obra de Jesus estivesse terminada no santuário, e então viriam as sete últimas pragas. Estas pragas enfureceram os ímpios contra os justos, pois pensavam que nós havíamos trazido os juízos divinos sobre eles, e que se pudessem livrar a Terra de nós, as pragas cessariam. Saiu um decreto para se matarem os santos, o que fez com que estes clamassem dia e noite por livramento. Este foi o tempo de angústia de Jacó. Então todos os santos clamaram com angústia de espírito, e alcançaram livramento pela voz de Deus.” Primeiros Escritos, págs. 36 e 37.

Portanto, existe o conselho profético para quando houver iniciado o cerco em volta do povo de Deus, que é o lançamento da lei dominical nos EUA, deve os fiéis fugir para as cidades pequenas, algo que deve ser feito com organização e plena consciência, sem desespero nem causado por sensacionalismo. Mas Deus também não quer uma fuga desordenada e fora de controle em cima da hora, por este motivo fazemos bem em começar esta preparação com antecedência, pois o tempo está se findando. Como na história de Jerusalém o cerco realizado por Cestius, imperador Romano, foi o aviso para aqueles que estavam nas cidades fugir para as montanhas, aqueles que atenderam ao aviso foram livres da invasão realizada por Tito, quatro anos mais tarde, que, literalmente, não deixou pedra sobre pedra. (Mateus 24: 15 e16). Assim devemos nos preparar para não sermos apanhados de surpresa.

Quero primeiramente que saiba que a preparação deve começar com uma mudança de hábitos, de caráter, uma mudança de vida, algo que só Cristo pode fazer em nós. Esta mudança é chamada por Ellen White de reforma individual, e deve acontecer em cada cristão que deseja se encontrar com Cristo. No próximo post sobre o assunto estarei tratando sobre quais reformas espirituais a Bíblia e o espírito de profecia falam que os fiéis devem fazer para purificarem a mente e o corpo.

Fontes dos textos utilizados:

[1] Gordon Brown apela a uma nova ordem mundial
[2] Papa pede a criação de uma “Autoridade Mundial”
[3] Lula propõe nova ordem econômica mundial depois da crise financeira
[4] Entre G8, G14 e G20, a comunidade internacional busca a melhor fórmula
[5] Nova lei de segurança nacional dá margem a abusos
[6] Lista antiterrorista dos EUA
[7] Crise alimentar impõe mudança de hábtios
[8] Segurança Alimentar e Nutricional – SAN
[9] Humanidade tem um ano para salvar planeta Terra
[10] Salvar o planeta. É agora ou agora!
[11] Domingo: “Solução simples para o Aquecimento”
[12] Sentido Ecológico do Domingo
[13] Google lança serviço para localizar pessoas através do celular
[14] O ameaçador romance do Google com Obama

Outras Fontes consultadas

G20 desponta como promotor de uma nova ordem mundial
Cientista britânico prevê 'catástrofe' mundial em 2030
Aquecimento provocará crise alimentar, diz estudo
Encontro Ecumênico termina com Apelo ao um "Dia Mundial da Criação"
Para Critica a sociedade ocidental por desvirtuar o sentido do domingo
Papa propõe que a ONU comande a Nova Ordem Mundial
Vem aí a nova identidade brasileira
Nova Carteira de Identidade
Mais de 1 bilhão de pessoas passam fome no mundo
Cenário Catastrófico para o Aquecimento Global
Aquecimento Global uma Nova Religião
Vale a pena perder privacidade em troca de segurança?
EUA e EU perto de acordo para troca de informações sobre os seus cidadãos
Adeus privacidade, adeus confiabilidade
Empresas de Telefonia são obrigadas a fornecer dados dos seus clientes
Nova medida de segurança nos EUA levanta polêmica
Mesmo sem suspeita os EUA podem vasculhas eletrônicos de turistas

1888 Re-examinado


Estou disponibilizando o arquivo completo no formato *.docx para você estudar. Aconselho que estude o material e conheça a nossa história, principalmente no que se trata da mensagem sobre justificação pela fé. Esta mensagem é essencial para os nossos dias. Precisamos compreendê-la integralmente.

Que Deus abençoe a todos.

Clique aqui e baixe o arquivo.

05 outubro 2009

DEFENDENDO A VERDADE COM A INJUSTIÇA


QUEM ESTÁ CONVERTENDO QUEM?

A greja” está convertendo o mundo? ou o mundo está convertendo a igreja? Vemos a “igreja” levando seus membros a uma caminhada viva e vibrante com Deus? ou vemos o mundo ganhando domínio sobre a “igreja” até que a única diferença entre os que estão na igreja e os que estão no mundo seja uma aceitação mental de algumas “verdades” sem a aplicação prática na vida diária?

Por que será que a igreja parece tão fraca para terminar a obra que lhe foi confiada por Deus? Creio que seja porque estamos “Defendendo a Verdade em Injustiça” – decidimos aceitar mentalmente a verdade como um substituto para a experiênciaviva! Clique aqui e baixe o arquivo completo...

Fonte Empowerd Living Ministries

Enchentes na Índia deixam ao menos 233 mortos e 1,5 milhão de desabrigados


Chuvas torrenciais que atingiram o sul da Índia na semana passada deixaram ao menos 233 mortos e cerca de 1,5 milhão de desabrigados, informaram autoridades locais nesta segunda-feira. A maioria das vítimas foi registrada em Karnataka e Andhra Pradesh, onde o nível dos rios subiu e causou graves inundações.

A inundação, descrita por autoridades como a pior em muitas décadas no sul da Índia, destruiu ainda milhões de acres de plantações de cana --causando temores de uma queda na produção de açúcar em Karnataka, o terceiro maior produtor do país.

Autoridades e agências de ajuda humanitária disseram que mais de cinco milhões de pessoas foram afetadas de alguma forma pelas chuvas e que os cerca de 1.200 abrigos improvisados estão lotados.

"Estas são as piores enchentes em cem anos", disse Dharmana Prasada Rao, ministro de auxílio de Andhra Pradesh.

Sonia Gandhi, líder do partido governista, e o ministro de Habitação, Palaniappan Chidambaram, inspecionaram a devastação.

As agências de ajuda humanitária usam helicópteros e barcos para levar alimentos e tendas de plástico para centenas de pessoas isoladas em vilas dos dois Estados.

As chuvas pararam em Karnataka, mas ameaçam mais devastação em Andhra Pradesh. As autoridades usaram milhares de sacos de areia para tentar conter as cheias dos rios e retiraram mais de 200 mil pessoas que vivem às margens do rio Krishna.

Fonte Folha Online

FMI tem apoio para virar uma espécie de BC global


O Fundo Monetário Internacional (FMI) está sendo reinventado, aos 65 anos. Fortalecido pela crise, tem planos para se converter numa espécie de banco central e cumprir um novo papel de supervisão dos mercados financeiros - missão recomendada pelo grupo das 20 maiores economias desenvolvidas e emergentes, o G20.

Como um banco central, poderá administrar um caixa comum de reservas. A ideia é livrar os países membros da acumulação de grandes volumes de dólares e de outras moedas importantes. Os dois objetivos estão, desde ontem, na agenda oficial do Fundo, por decisão de seu principal organismo político, o Comitê Monetário e Financeiro Internacional, formado por 24 ministros de Finanças de todos os continentes, incluído o brasileiro, Guido Mantega.

A ideia de formar um pool de reservas, uma espécie de caixa comum, foi defendida na reunião do comitê pelo diretor-gerente do FMI, Dominique Strauss-Kahn. A crise, segundo ele, evidenciou a necessidade de fundos de segurança muito amplos para se enfrentar os choques originados do mercado de capitais. Sai muito caro acumular essas reservas e o FMI, segundo ele, deve oferecer uma alternativa mais conveniente e com credibilidade.

A formação do pool de reservas, disse Strauss-Kahn, pode ser um passo adiante dos mecanismos de financiamento experimentados com êxito na crise - a nova Linha de Financiamento Flexível, oferecida ao México, à Polônia e à Colômbia, e os Acordos de Acesso Amplo e Preventivo, firmados com várias economias em desenvolvimento.

A linha inaugurada pelo México é acessível, sem burocracia e obrigação de cumprir metas de desempenho negociadas com o Fundo, mas é reservada a países com bom histórico na administração fiscal e monetária. O acordo com o governo mexicano permanece em vigor, mas não foi preciso tocar no dinheiro. A mera possibilidade de acesso imediato e sem burocracia a US$ 40 bilhões parece ter desencorajado qualquer ideia de especulação contra o peso.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Fonte Último Segundo

Nota: Um Banco Central Global. Realmente a crise financeira trouxe muitas mudanças na economia, uma delas é uma Nova Ordem Mundial na Economia. O que isso tem haver conosco? Muito. Vejamos:

A crise econômica já rendeu vários apelos a uma Nova Ordem Mundial; veja esta declaração de Gordon Braw, primeiro ministro da Inglaterra, no final da cúpula do G20, em Pittsburgh, em Setembro (2009):

“foi criada uma nova ordem económica mundial para lidar com os problemas financeiros e econômicos mundiais”

Bento XVI também fez o apelo em sua nova Encíclica, leia:

“Em resposta à crise financeira, o Papa Bento XVI pediu a formação de uma ‘Autoridade Política Mundial’. Esta nova ‘Autoridade’ deverá impor políticas globais nas áreas da economia, ambiente e emigração de forma a contribuir para a construção de uma nova ‘ordem social’ que esteja ‘de acordo com a ordem moral.’ Este pedido é feito na Encíclica Papal que acaba de ser publicada, intitulada Caritas in Veritate – ‘Amor na Verdade’.”

Esta nova ordem deverá impor maior controle sobre o sistema financeiro mundial, o capital sofrerá maiores restrições e controle, as palavras do presidente Lula refletem bem esta nova visão.

“Refiro-me à absurda doutrina de que os mercados podem se regular a si mesmos, sem a necessidade de uma intervenção estatal supostamente intrusiva, e a tese de liberdade absoluta para o capital financeiro sem regras de transparência e além do controle dos povos e das instituições".

Entendeu?

Estamos muito perto de uma nova ordem mundial.

Que Deus nos abençoe!

02 outubro 2009

O USO DE JÓIAS, PINTURAS, ETC.


O uso de jóias e pinturas tem sido defendido por muitos indivíduos e comunidades religiosas por considerarem que o assunto não merece séria atenção. Talvez esta indiferença se deve, em grande parte, ao desejo de não incomodar grupos e pessoas. Essa não é a postura bíblica ou a orientação profética recebida pela igreja. O assunto é importante e envolve mais do que as opiniões de um grupo em particular. Clique e baixe o arquivo completo.

Pr. Demóstenes - Prof.do SALT/IAENE

CONFIRA O QUE MUDA COM O ADIAMENTO DAS PROVAS DO ENEM - O MEC DIVULGOU AS PROVAS VAZADAS, CONFIRA E SE PREPARE MAIS.


Denúncia de vazamento fez governo cancelar o exame do fim de semana.

Mais de 4 milhões de candidatos em todo o país estão inscritos.

Confira casos que levaram à suspensão de exames Senado quer ouvir Haddad Estudantes criticam adiamento Contrato prevê indenização por quebra de sigilo Gráfica nega culpa em vazamento USP avalia se o uso do Enem será viável Unicamp não usará Enem se nota chegar após 30/11

Os mais de 4 milhões de candidatos que fariam as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) neste final de semana não precisarão fazer nova inscrição para participar das provas que serão remarcadas.

O exame foi adiado nesta quinta-feira (1º) pelo Ministério da Educação após suspeita de fraude. O jornal “O Estado de São Paulo” revelou que foi procurado por um homem que queria vender as provas R$ 500 mil.

O MEC acionou a Polícia Federal e informou "já tomou providências" junto à Polícia Federal e ao Ministério da Justiça para apurar quem vazou a prova". As provas vazadas foram divulgadas na noite desta quinta pelo MEC em seu Site, confira:

Confira a prova do Enem do 1º dia que vazou
Confira a prova do Enem do 2º dia que vazou
Confira o gabarito da prova do Enem

Confira abaixo as orientações para os candidatos:

Os estudantes terão de fazer nova inscrição?

Não. Segundo o ministro da Educação, Fernando Haddad, estão mantidas as inscrições dos cerca de 4 milhões de candidatos inscritos em todo o país.

O MEC abrirá um novo prazo de inscrições?

Não. Só poderão participar da prova os alunos já inscritos.

O ministério vai elaborar uma nova prova?

Ao organizar o exame, o Instituto Nacional de Pesquisas e Estudos Educacional (Inep), órgão do MEC responsável pelo Enem, preparou, para a hipótese de alguma eventualidade, uma prova substituta para ser aplicada no lugar da que foi cancelada.

Quanto tempo vai demorar para a aplicação dessa nova prova?

Segundo o ministro Fernando Haddad, o tempo necessário é o tempo de impressão de outras 4 milhões de cópias da prova - a expectativa é de que sejam 45 dias. Em nota oficial, o Inep diz que vai divulgar "a nova data nos próximos dias, depois de reorganizar a logística".

Os locais de prova serão os mesmos?

Ainda não está definido. De acordo com o MEC, os alunos serão informados pelo correio, pelo celular e pela internet quando a nova data e os locais forem confirmados.

Qual é a recomendação do ministério para os estudantes inscritos?

O ministro da Educação sugeriu que os estudantes aproveitassem o tempo para estudar mais. Professores de cursinho pré-vestibular fazem a mesma orientação.

Qual a nova data de divulgação do resultado das provas?

Inicialmente previsto para sair no dia 8 de janeiro, o resultado final das provas deve atrasar em cerca de um mês.

Qual o impacto desse adiamento nos processos seletivos?

Como as notas serão divulgadas mais tarde do que o previsto, o Enem poderá deixar de ser usado em vários processos seletivos do país, mas as instituições estão aguardando uma posição do MEC para se manifestar.

Como os candidatos poderão tirar dúvidas?

O ministério coloca à disposição dos candidatos o e-mail: faleconosco@inep.gov.br e o telefone 0800-616161.

Fonte Portal G1