09 maio 2008

Você acredita em Deus? Então você acredita em milagres.

Esse tem sido o lema da Rede Record ao lançar o site Eu Creio em Milagres, instituição ligada à Igreja Universal.

Têm ocorrido grandes manifestações miraculosas em diversas igrejas evangélicas, essas manifestações têm feito com que milhões de pessoas aceitem a fé evangélica.

A Igreja Universal foi uma das pioneiras no Brasil em implantar nos seus cultos o sistema de milagres e bênçãos como prova da presença de Deus em seu meio. Esse sistema tem sido copiado por diversas igrejas evangélicas. As igrejas que não aderiram a esse sistema estão, cada vez mais, perdendo adeptos. Algumas igrejas que não eram pentecostais estão aderindo ao pentecostalismo, pois é mediante a essas manifestações que muitos acreditam que Deus habita no meio deles.

Manifestações como falar em línguas, curas, bênçãos financeiras, formas de exorcismos têm atraído milhares de pessoas a essas igrejas. Mas diante de tudo isso, restam algumas perguntas: Esses milagres acontecem mesmo? Se acontecem, quem está por trás deles? Será Deus? É através de milagres e outras manifestações que Deus é revelado?

Diante de um mundo cheio de doenças, desgraças acontecendo constantemente, a fome se espalhando pelo mundo, problemas financeiros, violência, crimes, em fim, tudo tem contribuído para o crescimento dessas igrejas que prometem bênçãos de todas as espécies.

Para compreendermos isso, vamos à Bíblia e verifiquemos se são manifestações Divinas ou Satânicas.

Quando Cristo esteve aqui nesta terra passou por momentos semelhantes aos que estamos vivendo. A fome era vista por todos os lugares, a lepra era a grande epidemia existente, encontrar pessoas doentes, enfermas, passando por problemas financeiros, até mesmo fome, era muito comum.

A Multiplicação dos Pães e Peixes é um dos acontecimentos que estão relatados nos quatro evangelhos, você pode ler em sua Bíblia nos livros de Mateus 14:13-21, Marcos 6:30-44, Lucas 9:10-17, João 6:1-15. Essa história é uma das mais conhecidas da Bíblia. No livro de João, nos versos 14 e 15, o autor narra que por causa do grande milagre de alimentar mais de cinco mil pessoas com 5 pães de 2 peixes e ainda sobrarem 12 cestos cheio de pães, a multidão que seguia a Cristo queria proclamá-lo rei, pois ele seria a solução para a fome do mundo, a solução para as doenças, problemas financeiros e trazer a paz ao mundo. O impressionante é que Cristo não aceitou ser proclamado rei, sendo esse o motivo dele ter vindo ao mundo (João 18:37 - se bem que seria de forma diferente), pois ele conhecia as verdadeiras intenções deles: usufruir de suas bênçãos. Cristo trocou a oportunidade de ser coroado rei naquele instante e trazer o mundo aos seus pés, pela cruz para salvar a humanidade.

Outro acontecimento interessante foi quando lhe solicitaram para que realizasse um sinal e assim mostrasse que era realmente o Filho de Deus, Jesus disse que o único sinal que seria dado para a humanidade era o fato de ele passar três dias no seio da terra, fazendo referência à sua morte e ressurreição, fato descrito por João como a maior prova de amor já vista: “Por que Deus amou ao mundo de tal maneira que deu seu filho unigênito para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna” João 3:16. Realizar sinais e milagres não eram os principais objetivos de Cristo nesta terra. O grande e verdadeiro objetivo de Cristo neste mundo era salvar a humanidade, dando sinais e provas do seu amor, demonstrando-o na cruz do calvário. O próprio Cristo disse que sinais não provariam coisa alguma. “Pois surgirão falsos cristos e falsos profetas, e farão grandes sinais e prodígios que, se possível, enganariam até os escolhidos” Mateus 24:24. Jesus falou que viriam pessoas reivindicando o céu por ter realizado milagres e expelido demônios em Seu Nome, as palavras de Cristo a essas pessoas foram: “apartai-vos de mim, vós que praticais a iniqüidade” Mateus 7:15-23.

Jesus nunca atraiu ninguém aos seus pés pelos milagres que fazia, mas pelo amor que demonstrava às pessoas. Amigo, infelizmente muitas igrejas têm usado os milagres para atrair pessoas para Cristo, coisa que ele nunca fez.

Quando Cristo estava na cruz, foi-lhe solicitado uma prova de poder “se és filho de Deus, então desce da cruz” Mateus 27:40. Ele se recusou a descer, pois a maior prova era seu amor, e estava diante de seus olhos: um Homem inocente morrendo por uma humanidade culpada, apenas com o desejo de salvar o perdido.

A manifestação do Espírito Santo é comprovada pela presença da Verdade: “Quando vier, porém, aquele, o Espírito da verdade, ele vos guiará a toda a verdade; porque não falará por si mesmo, mas dirá o que tiver ouvido, e vos anunciará as coisas vindouras” João 16:13. Milagres não provam coisa alguma, o que prova é a obediência à Verdade. O Espírito Santo só é concedido mediante a obediência (Atos 5:32 - “E nós somos testemunhas destas coisas, e bem assim o Espírito Santo, que Deus deu àqueles que lhe obedecem”). A Bíblia declara a Verdade como sendo um conjunto de coisas - “toda a verdade” está no coletivo, e são elas: Jeremias 10:10 – “O Senhor é o verdadeiro DEUS”, 1ª Verdade: Deus Pai; João 14:6 – “Eu sou o Caminho, a Verdade e a Vida” - 2ª Verdade: Deus Filho; I João 5:6 – “E o Espírito é o que dá testemunho, porque o Espírito é a verdade” – 3ª Verdade: Deus Espírito Santo; João 17:17 – “Santifica-os na verdade, a tua palavra é a verdade”. – 4ª Verdade: A Bíblia; Salmo 119:142 – “A tua justiça é justiça eterna, e a tua lei é a verdade” e Salmo 119:151 - “Tu estás perto, Senhor, e todos os teus mandamentos são verdade” – 5ª Verdade: A Lei de Deus. A respeito da Lei, disse Isaías: “À Lei e ao Testemunho! Se eles não falarem segundo esta palavra, nunca lhes raiará a alva” Isaías 8:20.

Se você deseja saber se os milagres realizados nessas igrejas são de Deus ou não, então pergunte se eles acreditam nessas Verdades e vivem de acordo com elas, isso implica em guardar e pregar os dez mandamentos descritos em Êxodo 20, caso contrário, eles se enquadram no que está em II Tessalonicenses 2:9-12: “esse iníquo cuja vinda é segundo a eficácia de Satanás com todo o poder e sinais e prodígios de mentira, e com todo o engano da injustiça para os que perecem, porque não receberam o amor da verdade para serem salvos. E por isso Deus lhes envia a operação do erro, para que creiam na mentira; para que sejam julgados todos os que não creram na verdade, antes tiveram prazer na injustiça”.

“Vós tendes por pai o Diabo, e quereis satisfazer os desejos de vosso pai; ele é homicida desde o princípio, e nunca se firmou na verdade, porque nele não há verdade; quando ele profere mentira, fala do que lhe é próprio”. João 8:44 – Essa declaração de Jesus a respeito de Satanás revela o verdadeiro caráter desse ser que se tornou o maior inimigo da humanidade, sendo mentiroso, jamais se firmou na verdade.

Satanás não suporta e jamais aceitará a Verdade, por isso os únicos recursos que lhe restam são o engano, a mentira, e quando isso não resolve, ele usa o poder da sedução, utilizando o mundo, o materialismo, a sensualidade e tudo que tiver ao seu alcance para levar o ser humano para a perdição.

A Bíblia é clara ao revelar o poder de Satanás em operar milagres, em disfarçar seus ministros em ministros de luz para operar obras miraculosas para enganar a humanidade. “E não é de admirar, porquanto o próprio Satanás se disfarça em anjo de luz. Não é muito, pois, que também os seus ministros se disfarcem em ministros da justiça; o fim dos quais será conforme as suas obras”. II Coríntios 11:14-15. Essa declaração de Paulo unida com declaração de Cristo em Mateus 24:24 e a outra de Paulo em II Tes. 2:9-12 mostram que Satanás usaria seu poder de operar milagres e prodígios através de agentes humanos com o fim de enganar, se possível, os próprios eleitos de Deus. O fim de todos que se deixarem ser enganados por Satanás é o mesmo fim que o aguarda. Apocalipse 19:20: “E a besta foi presa, e com ela o falso profeta que fizera diante dela os sinais com que enganou os que receberam o sinal da besta e os que adoraram a sua imagem. Estes dois foram lançados vivos no lago de fogo que arde com enxofre”.

Esses acontecimentos miraculosos que estão se espalhando pelo mundo é um indicativo da breve volta do Senhor Jesus Cristo. A Bíblia revela que Deus operará um grande reavivamento no seu povo que guarda a sua Verdade. Joel 2:23: “Alegrai-vos, pois, filhos de Sião, e regozijai-vos no Senhor vosso Deus; porque ele vos dá em justa medida a chuva temporã, e faz descer abundante chuva, a temporã e a serôdia, como dantes” e “Acontecerá depois que derramarei o meu Espírito sobre toda a carne...” Joel 2:28. Esses textos revelam as duas grandes chuvas que Deus derramará sobre o seu povo. A Chuva Temporã era a primeira grande chuva do ano, onde era preparado o solo para receber a semente. A Chuva Serôdia era a última grande chuva do ano, onde amadurecia o grão para a colheita. Joel usou essa alegoria onde a água é um dos muitos símbolos do Espírito Santo para demonstrar o que Deus faria em sua última grande obra em favor deste planeta. A primeira chuva aconteceu no dia de Pentecostes, onde milhares se converteram em apenas um dia. O coração dos homens foi preparado para receber a semente que é a palavra de Deus - “A semente é a palavra de Deus.” Lucas 8:11. Agora, estamos esperando a chuva serôdia para amadurecer o grão para colheita.

Durante mais de dois mil anos, a semente tem se desenvolvido no coração dos homens, breve, muito breve Cristo virá para colher o que ele semeou.

A parábola do joio tem muito significado para os dias atuais. Cristo plantou a Semente da Verdade para colher um bom trigo, e Satanás plantou a semente da mentira, essa semente desenvolveu e se tornou o joio, e o fim do joio será: “Deixai crescer ambos juntos até a ceifa; e, por ocasião da ceifa, direi aos ceifeiros: Ajuntai primeiro o joio, e atai-o em molhos para o queimar; o trigo, porém, recolhei-o no meu celeiro” Mateus 13:30. O joio será queimando pelo fogo eterno e o trigo será levado para o celeiro de Deus – “...novo céu e nova terra nos quais habita a justiça” II Pedro 3:13.

Satanás, como sempre, tem falsificado tudo aquilo que Deus fez. Falsificou o derramamento da chuva serôdia, conduzindo milhares de pessoas pelo engano dos milagres.

Amigo fique de olhos abertos e nunca se deixe levar por acontecimentos miraculosos, pois o Verdadeiro Povo de Deus não usa milagres para atrair ninguém. O Verdadeiro Povo de Deus usa a verdade para atrair pessoas a Cristo.

Hilton Bastos
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...